O problema siderúrgico nacional na Primeira República / The national steel-making problem in the First Republic

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

14/12/2011

RESUMO

O debate sobre o problema siderúrgico nacional no Brasil ganhou corpo no final da década de 1900 e estendeu-se até 1941, com a criação, pelo governo federal brasileiro, da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) para construir e explorar a usina siderúrgica de Volta Redonda, que foi saudada como a solução do problema, encerrando assim um debate de mais de três décadas. Por esse motivo e pela importância simbólica de que se revestiu a CSN para o Estado Novo, a historiografia foi bastante marcada por esse desfecho particular, que à luz do próprio debate não tinha nada de necessário. Tendo isso em vista, esta tese visa reconstruir e analisar os esforços, debates e conflitos em torno da questão siderúrgica ao longo da Primeira República. Buscamos identificar os principais agentes que intervieram e pesaram no direcionamento das políticas governamentais relativas ao setor siderúrgico e procuramos apresentar as principais propostas feitas e iniciativas tomadas por esses agentes, bem como mapear as implicações dessas iniciativas e propostas para o desenvolvimento do setor. Três dos principais eixos em torno dos quais giraram os debates foram os seguintes: i) a contraposição entre a \"pequena siderurgia\" e a \"grande siderurgia\" e a questão correlata da escolha entre o carvão importado, o carvão nacional e o carvão vegetal; ii) a questão do vínculo entre a exportação de minério de ferro e a siderurgia nacional e, por fim, iii) a questão da localização da usina. Procuramos compreender como se deram as interações entre essas três dimensões ao longo do debate, bem como identificar a origem das defesas de cada uma das posições a cada momento. A tese está dividida em quatro capítulos centrais. Num primeiro, descrevemos a evolução do setor siderúrgico brasileiro entre 1900 e 1940, procurando avaliar as dimensões quantitativa e qualitativa desse desenvolvimento. Num segundo capítulo, tratamos do surgimento, no final da década de 1900 e início da década seguinte, de uma série de propostas de exportação do minério de ferro da região ferrífera de Minas Gerais, que foram vinculadas e subordinadas à produção siderúrgica no país. Dessa forma, o problema siderúrgico ganhou corpo entrelaçado à questão da exportação de minério. Num terceiro capítulo, tratamos do importante contrato da Itabira Iron Ore Co. de 1920 e da reação imediata, interna e externa, que ele suscitou. Por fim, num quarto capítulo, identificamos a configuração de um modelo alternativo ao da Itabira Iron para a solução do problema siderúrgico, baseado em insumos estritamente nacionais, desvinculado da exportação de minério de ferro e capitaneado pelo governo mineiro, bem como a polarização resultante do debate sobre o problema siderúrgico.

ASSUNTO(S)

economic history - brazil história econômica - brasil steel-making

Documentos Relacionados

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo