O itinerário terapêutico de pessoas convivendo com HIV

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

02/12/2011

RESUMO

Considerando a transformação da história natural do adoecimento pelo HIV, de uma doença aguda e mortal para uma de caráter crônica e controlável após o desen-volvimento de uma terapêutica mais eficaz a partir de meados da década de 90 faz-se pertinente discutir as implicações das trajetórias individuais dessa doença na vida cotidiana de seus portadores. Para estudar tais trajetórias existe, nas linhas que mesclam a ciências sociais às ciências da saúde, a proposta de análise dos itinerá-rios terapêuticos. Estes, que são configurados pelos caminhos que os usuários fa-zem em busca de respostas a seu adoecimento, constroem-se desde o campo sub-jetivo da experiência da doença, aos aspectos objetivos das pessoas e lugares per-tinentes a esse processo de busca de cura e cuidado. Este estudo, de caráter quali-tativo, objetivou conhecer o itinerário terapêutico das pessoas com diagnóstico de HIV/Aids, em tratamento no Sistema Único de Saúde no município de Juiz de Fora e analisar os significados atribuídos por essas pessoas sobre seus processos de ado-ecimento e cuidados. O cenário escolhido foi os ambulatórios do Serviço de Atendi-mento Especializado do Sistema Único de Saúde da Prefeitura de Juiz de Fora e o ambulatório de Doença Infecto-Parasitárias do Centro de Atenção à Saúde do Hos-pital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora. Os sujeitos participantes da pesquisa foram homens e mulheres, portadores do vírus HIV, usuários desses serviços acima e não residentes na cidade de Juiz de Fora, que aceitaram participar da pesquisa. A coleta de dados foi feita através de entrevistas semi-estruturadas e para análise dos dados elegeu-se a técnica de análise de conteúdo. A partir das nar-rativas dos participantes construíram-se as seguintes categorias de discussão: 1) Os sujeitos e as percepções do adoecimento e 2) Os Itinerários terapêuticos. Foram observadas as construções individuais sobre o processo de adoecimento, do diag-nóstico à terapêutica, e suas implicações na vida cotidiana, assim como, as idas e vindas pelo sistema e seus desdobramentos nas histórias dos indivíduos. Dos cami-nhos singulares que desenharam essas narrativas, emergiram os itinerários dessas pessoas que convivem com o HIV. Estes abrangeram temas como o impacto do di-agnóstico, as reflexões sobre a doença, as estratégias de enfrentamento, as formas de buscar informações, as peregrinações e a forma de entrada no sistema de aten-dimento, as implicações do custo e acesso, a gestão do tratamento e a importância das relações de vínculo. Através dessas questões que nortearam a discussão do trabalho, podem-se visualizar as fragilidades e as fortalezas presentes no sistema de atendimento ao portador do HIV, assim como a aproximação de uma compressão da vivência desses indivíduos que convivem com esta realidade

ASSUNTO(S)

hiv, aids doença crônica processo de saúde e doença, atenção a saúde. hiv aids chronic disease health-disease process health care saude coletiva

Documentos Relacionados

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo