Muçulmanos na França: formação de uma minoria e desafios para sua integração

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

07/07/2010

RESUMO

Este trabalho consiste em uma análise do processo integrativo dos muçulmanos na França. No momento de sua chegada, o caráter econômico da migração, o estabelecimento do grupo em moradias provisórias e afastadas dos grandes centros e a não-intenção da permanência marcaram o modo como o grupo foi recebido pela sociedade e como ele se percebia nela. Com o fim do programa migratório em 1974, os muçulmanos decidem permanecer no país e o reagrupamento familiar acarreta o crescimento do seu contingente no hexágono, constituindo-o como uma minoria. A França, tradicionalmente, conforma uma assimilação formal e substantiva de populações estrangeiras no espaço de duas gerações, desta forma, as segundas e terceiras gerações desses imigrantes tornam-se francesas juridicamente, vinculando-se ao Estado como cidadãos. Porém, a assimilação substantiva do grupo pela escola não se apresenta efetiva. A não-integração do grupo é observável na dispersão política e na falta de representantes legítimos, nas altas taxas de desemprego e criminalidade, e na baixa escolaridade. Essa marginalização política e sócio-econômica é agravada pela não-identificação com a nação e os valores franceses. O Islã passa a ser apropriado culturalmente, por aqueles que ainda não se sentem vinculados plenamente à nação e por aqueles que se sentem discriminados na sociedade. A França defende seu modelo assimilacionista de integração, por ele propor uma assimilação através do não-reconhecimento das diferenças. O laïcité viria então reforçar a identidade nacional republicana, determinando o seu caráter não religioso. Porém, a própria França conviviria com dois sistemas de identidade, onde a identidade diferencialista das regiões não-centrais substanciaria a identidade nacional universalista. Este paradoxo seria um traço inerente da nação francesa e ao lidar atualmente com a minoria muçulmana, esta colocaria um dilema para a continuidade dessa estrutura identitária nacional do país, pois representaria o novo foco diferencialista da nação. Os desdobramentos desta interação levarão a integração ou não da minoria no país.

ASSUNTO(S)

sociologia. muçulmanos frança teses. minorias teses. assimilação (sociologia) teses.

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo