Manejo da Podridão Cinzenta no Feijão-Mungo por Meio de Duas Espécies de Trichoderma e da Biomassa Seca de Coronopus didymus

AUTOR(ES)
FONTE

Planta daninha

DATA DE PUBLICAÇÃO

29/10/2018

RESUMO

RESUMO: Um experimento em vaso foi realizado para verificar o efeito da aplicação da biomassa seca de Coronopus didymus (L.) Sm. (1%, 2% e 3% p/p) e duas espécies de Trichoderma (T. viride e T. aureoviride) sobre o crescimento e a fisiologia do feijão-mungo [Vigna radiata (L.) WIlczek] sob estresse biótico causado pelo fungo Macrophomina phaseolina (Tassi) Goid. A inoculação de M. phaseolina (controle positivo) reduziu a sobrevivência das plantas, o comprimento da parte aérea e da raiz e a biomassa seca das plantas em 22%, 52%, 61% e 64%, respectivamente, em relação ao controle negativo (sem qualquer alteração). Foram observados 100% de sobrevivência das plantas nos tratamentos com T. aureoviride isoladamente ou em combinação com 1% e 2% da biomassa de C. didymus. Da mesma forma, T. viride em combinação com 2% de biomassa também resultou em 100% de sobrevivência das plantas. A aplicação de 3% de biomassa de C. didymus teve efeito acentuado no crescimento da cultura, resultando em aumento de 101%, 233% e 342% no comprimento da parte aérea, comprimento da raiz e biomassa da planta, respectivamente, em relação ao controle positivo. A inoculação isolada de uma das duas espécies de Trichoderma spp. melhorou de forma significativa vários parâmetros de crescimento das plantas, em comparação ao controle positivo. Em geral, em combinação com 2% de biomassa de C. didymus, ambas as espécies de Trichoderma spp. provaram ser a escolha mais apropriada para melhorar a biomassa de feijão-mungo sob estresse causado por M. phaseolina. A atividade das enzimas relacionadas à defesa da planta, ou seja, peroxidase (PO), polifenol oxidase (PPO) e fenilalanina amônia liase (PAL), foi geralmente maior nos tratamentos em que 1% da biomassa de C. didymus foi aplicada isoladamente ou combinada com Trichoderma spp. em solo inoculado com M. phaseolina.

ASSUNTO(S)

controle biológico correção do solo mastruço vigna radiata

Documentos Relacionados

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo