Kierkegaard. Camus. Hilst : no labirinto da angústia

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

02/04/2012

RESUMO

Este trabalho tem por objetivo estabelecer uma possível aproximação entre as obras de Sören Kierkegaard e Hilda Hilst, mediados por Albert Camus, a partir de suas reflexões sobre a angústia. Esta é aqui entendida como um sentimento de estranhamento que é próprio do estar do homem no mundo: ajuda-nos a pensá-la dessa forma a imagem do indivíduo que, debruçado sobre o próprio âmago, encontra-se repentinamente às voltas com o vagar por um labirinto do qual talvez nunca haja saída. Em cada rua do labirinto que se nos apresenta como possibilidade, vislumbramos uma configuração específica que pode assumir esse estranhamento. Os textos de Kierkegaard contemplados em nosso estudo são Diário de um sedutor, Temor e tremor, O conceito de angústia e O desespero humano. De Hilst, “O unicórnio”, “Lázaro” e “O oco”. De Camus, valemo-nos de O estrangeiro e O mito de Sísifo, na tentativa de criar uma aclimatação entre os dois autores que constituem o primeiro plano da análise. Em cada um destes textos escolhidos – ruas possíveis a se tomar no labirinto da angústia –, encontramos maneiras particulares de expressar o confrontamento do homem com sua própria escuridão, com um mundo que se lhe apresenta silencioso, vazio de sentido. Reflexo desse confronto, o fazer poético aflora como marca da incompletude do homem no mundo.

ASSUNTO(S)

critcsm and interpretation camus albert 1913-1960 critcsm and interpretation literature comparative brasilian and french literature comparative french and brazilian brazilian fiction history and criticism french fiction history and criticism teology philosophical anguish literatura comparada - brasileira e francesa literatura comparada - francesa e brasileira ficção brasileira - história e crítica ficção francesa - história e crítica teologia filosófica angústia hilst hilda 1930-2004 criticsm and interpretation kierkeggaard sören 1813-1855

Documentos Relacionados

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo