Internacionalização de empresas brasileiras: um estudo sobre a relação entre grau de internacionalização e desempenho financeiro / Internationalization of Brazilian companies: a study about the relationship between degree of internationalization and financial performance

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2010

RESUMO

Esse estudo buscou avaliar de que forma a internacionalização tem contribuído para o desempenho financeiro das empresas brasileiras como um todo e para o desempenho financeiro das suas operações internacionais. Por meio de uma survey realizada no ano de 2006 em 51 empresas de capital nacional pertencentes a diversos setores, esta pesquisa nos permitiu refletir sobre a forma da relação entre grau de internacionalização (GI) e desempenho financeiro das empresas brasileiras. Os resultados sugerem, ao nível de significância de 5%, que o desempenho financeiro geral das multinacionais brasileiras está associado ao GI. Os grupos de empresas com menor GI e com maior GI na dimensão da porcentagem de ativos no exterior apresentaram melhores desempenhos financeiros gerais em relação ao grupo de empresas que estão em um grau intermediário nessa dimensão do GI. Quando analisamos a relação entre o GI (medido como o intervalo da porcentagem de empregados no exterior) e o desempenho financeiro das operações internacionais das empresas, testes não paramétricos indicaram uma curva em forma de U ao nível de significância de 5%. Esse formato de curva sugere um efeito negativo inicial da expansão internacional no desempenho financeiro, antes do alcance de resultados positivos com a internacionalização, o que contrasta com o formato de uma curva em S encontrada em estudos recentes sobre o tema. Modelos de regressão simples e múltipla desenvolvidos nesse estudo também revelaram a associação do GI com o desempenho financeiro das empresas. Dentre as variáveis utilizadas para a medição do grau de internacionalização, as seguintes se mostram relevantes para explicar o desempenho financeiro das empresas em um ou mais modelos de regressão: a porcentagem de empregados no exterior, a porcentagem de ativos no exterior, a atuação em mais de três regiões geográficas mundiais e a listagem em Bolsas de Valores. Também foi observada a relevância do setor de atuação como variável moderadora da relação GI-desempenho financeiro, já que empresas do setor de manufatura intensa em insumos básicos apresentaram maiores margens EBITDA do que as demais. Uma das implicações dessa pesquisa é que as empresas brasileiras não devem ser desencorajadas por efeitos negativos nos seus desempenhos financeiros nos estágios iniciais dos seus processos de internacionalização. Como os resultados sugerem, ao adquirir conhecimento e novas competências para atuar internacionalmente, as empresas obterão benefícios que, eventualmente, serão maiores do que os custos associados à internacionalização e o impacto no desempenho financeiro será positivo.

ASSUNTO(S)

desempenho organizacional empresas multinacionais internacionalização de empresas internationalization of companies multinational companies organizational performance

Documentos Relacionados

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo