Instrumentos de avaliação e taxas de depressão em pessoas com lesão da medula espinhal: uma revisão sistemática

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. esc. enferm. USP

DATA DE PUBLICAÇÃO

13/12/2018

RESUMO

RESUMO Objetivo: Identificar, descrever, diferenciar e qualificar os instrumentos usados para avaliar a depressão e também identificar a porcentagem e as taxas médias de depressão em pessoas com lesão da medula espinhal. Método: Esta é uma revisão sistemática da literatura implementando uma abordagem qualitativa. Os bancos de dados SciELO, LILACS, PubMed e PsycINFO foram consultados. Artigos originais foram classificados de acordo com as variáveis (lesão da medula espinhal, depressão e instrumentos de avaliação). Os estudos são apresentados de acordo com os instrumentos em publicações recentes dos últimos 11 anos. Resultados: Cinco instrumentos de avaliação foram encontrados. PHQ-9, um instrumento de triagem para o diagnóstico da depressão foi usado na maioria dos estudos, tudo realizado nos Estados Unidos e com fator de impacto e número de participantes mais altos. Estudos com PHQ-9 apresentaram um score total de pessoas que atingiram os critérios para depressão sem classificar-se por gravidade com uma média de 17,6% ± 7,3%, ao passo que a BDI apresentou 51,6% ± 15,1% e a HADS mostrou 37,5% ± 31% das pessoas com algum grau de depressão. Conclusão: Este estudo foi importante na identificação de quais instrumentos podem ser usados para avaliar a depressão, a descrição de cada um, algumas das suas diferenças, os quais são usados nos melhores estudos, e as taxas de depressão em diferentes partes do mundo. Também foi importante demonstrar como o PHQ-9 é um instrumento importante, mas seu uso está limitado aos EUA.

ASSUNTO(S)

depressão paraplegia medula espinal avaliação da deficiência enfermagem psiquiátrica revisão

Documentos Relacionados

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo