Influence of the operator skill and luting agent on the bond strength of glass fiber post to radicular dentin. / Influência do operador e agente cimentante na resistência de união de pinos de fibra de vidro à dentina radicular

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2010

RESUMO

O propósito desse estudo foi avaliar a influência do operador e do sistema de cimentação na resistência de união (RU) de pino de fibra de vidro à dentina radicular nos diferentes terços radiculares. Quarenta e oito incisivos centrais superiores humanos extraídos foram seccionados transversalmente imediatamente após a junção cemento-esmalte, e as raízes foram tratadas endodonticamente. Após uma semana, foi realizado o preparo padronizado dos condutos, e as raízes foram aleatoriamente divididas em dois grupos (n=24), de acordo com o operador: profissional (CD) vs acadêmico (AC). As raízes foram então subdivididas em três subgrupos cada (n=8) de acordo com o sistema de cimentação: CD1 e AC1 (Adper Scotchbond Multi-Purpose [SBMP] + RelyX ARC [ARC]), CD2 e AC2 (Adper Single Bond 2 [SB] + ARC) e CD3 e AC3 (RelyX U100 [U100]). Os pinos de fibra de vidro (Tenax Fiber Trans Esthetic Post System) foram cimentados de acordo com as recomendações dos fabricantes de cada sistema de cimentação. Após o armazenamento em água a 37o C por uma semana, cada raiz foi seccionada transversalmente em seis discos com 1 mm de espessura, e os terços coronário (TC), médio (TM) e apical (TA) do canal radicular foram identificados. O teste de push-out foi realizado a uma velocidade de 0,5 mm/min. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente por meio do teste ANOVA e pós teste de Tukey (p=0,05). Os valores médios de RU (MPa) e desvio padrão (DP) para cada subgrupo foram: CD1: 12,837,26; CD2: 11,464,22; CD3: 14,276,59; AC1: 9,704,37; AC2: 8,025,25 e AC3: 13,404,93. A RU e DP para o grupo dos CD e dos AC foram 12,856,18 e 10,375,30, respectivamente. Em relação aos terços radiculares, as médias e o DP foram: TC: 14,465,55; TM: 10,045,07 e TA: 10,35 6,01. As médias e DP para os sistemas de cimentação foram: SBMP + ARC: 11,276,13; SB + ARC: 9,745,03 e U100: 13,835,77. As maiores médias de RU foram obtidas para o grupo dos CD (p=0,004); não houve diferenças significativas entre os três sistemas de cimentação para o grupo dos CD (p=0,294); o cimento U100 foi estatisticamente superior aos demais sistemas de cimentação para o grupo dos AC (p=0,001). O cimento resinoso U100 foi estatisticamente superior aos demais sistemas de cimentação (p=0,001) independente do operador. A RU no terço coronário foi estatisticamente superior aos TM e TA (p<0,0001). Pode-se concluir que a resistência de união do canal radicular foi significativamente afetada pelo operador, sistema de cimentação e região radicular.

ASSUNTO(S)

operador bond streng clinica odontologica operator push-out cimentos resinosos push-out pinos de fibra fiber posts resistência de união resin cements

Documentos Relacionados

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo