In situ hybridisation in herpetic lesions using a biotinylated DNA probe.

AUTOR(ES)
RESUMO

In situ hybridisation was performed with a biotinylated DNA probe for herpes simplex virus (HSV) using high temperature denaturation on formalin fixed, paraffin wax sections of lung, brain, ganglion and keratinising and non-keratinising squamous epithelia. Eosinophilic viral nuclear inclusions or characteristically moulded multiple nuclei with altered chromatin, which were present in two cases of HSV encephalitis and one case of viral pneumonitis, all showed complete hybridisation visualised by an alkaline phosphatase/nitroblue tetrazolium detector system. HSV encephalitis and trigeminal ganglionitis, which were confirmed serologically or clinicopathologically but lacked nuclear changes, also gave positive dense nuclear signal in neurons, glias and satellite cells. No staining was present in the ganglion cells in trigeminal zoster, the glia in progressive multifocal leucoencephalopathy, or in a variety of cells in a lung coinfected with cytomegalovirus. In 10 herpetic blisters of squamous epithelia, infected cells hybridised strongly, while morphologically similar herpes zoster lesions remained negative. In neural tissues non-hybridisation staining was most obtrusive in corpora amylacea and seemed to reflect nonspecific probe adherence. In squamous epithelium, major non-hybridisation staining was caused by probe and antibody possibly adhering to intracellular keratin. The HSV probe permits specific detection of virus in the absence of characteristic nuclear changes and allows varicella zoster virus to be differentiated from HSV, provided that the aforementioned problems with non-hybridisation staining are borne in mind.

Documentos Relacionados

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo