Imagem corporal, comportamentos alimentares e autoconceito de pré-adolescentes com sobrepeso, obesos e não obesos / Body image, eating behaviors and self-concept of overweight, obese and non-obese preadolescents

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2007

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar a imagem corporal, os comportamentos alimentares e o autoconceito de pré-adolescentes com sobrepeso, obesos e não-obesos. Trata-se de um estudo com delineamento de comparação de grupos e amostra de conveniência. Participaram do mesmo, dois grupos com sobrepeso e obesos e não-obesos constituídos, respectivamente, por 54 pré-adolescentes com sobrepeso e obesos e 50 não-obesos, de escolas da rede pública da cidade de Ribeirão Preto - SP. O grupo com sobrepeso e obesos caracterizou-se por 29 meninas e 25 meninos, e o grupo dos não-obesos foi constituído de 28 meninas e 22 meninos, tendo estes sido avaliados por dois instrumentos: EBBIT- Teste de Comportamento Alimentar e Imagem Corporal de Pré- Adolescentes e Escala Infantil Piers-Harris de Autoconceito. O que sinto e penso sobre mim mesmo. Foram medidos seus pesos e alturas, a fim de se obter o Índice de Massa Corporal para a idade e o gênero. A análise dos dados se deu por meio dos resultados descritivos e resultados comparativos, utilizando-se o teste estatístico não-paramétrico Mann-Whitney, comparando-se os grupos entre si e os gêneros (p<=0,05). Os resultados mostraram que os pré-adolescentes obesos estão mais insatisfeitos com seus corpos e apresentam mais sinais de restrição alimentar que os pré-adolescentes não-obesos. Apesar disso, ao comparar meninas não-obesas com meninos não-obesos, verificou-se maior insatisfação naquelas que nestes, indicando que a pressão sociocultural para um corpo magro tende a ser maior no sexo feminino, e, por isso, há maior insatisfação apresentada nesse grupo, apesar dessas meninas possuírem o peso dentro dos parâmetros de normalidade. Nenhum dos grupos apresentou indícios significativos de vii desordens no comportamento alimentar. Quanto à avaliação do autoconceito, o grupo com sobrepeso e obesos não diferiu do grupo dos não-obesos de um modo geral, mostrando que, apesar de estarem com o peso acima do esperado, eles se avaliam com características físicas e atributos pessoais positivos. Observou diferença ao avaliar meninas não-obesas e meninos não-obesos, com relação ao escore total do autoconceito, ao status intelectual acadêmico e ao comportamento, indicando que elas apresentaram um autoconceito, um status intelectual acadêmico e um comportamento inferior aos dos meninos não obesos. No que diz respeito à popularidade e à aparência física e atributos pessoais - subescalas avaliadas na escala de autoconceito - também não se confirmaram diferenças. A diferença encontrada esteve na avaliação da felicidade e satisfação, na qual as meninas obesas mostraram-se menos felizes e satisfeitas que os meninos obesos e as meninas não-obesas. Quanto à ansiedade, os meninos obesos mostraram-se mais ansiosos que os meninos não-obesos e menos ansiosos que as meninas obesas. O comportamento foi avaliado com índice melhor nos meninos não-obesos, que nos meninos obesos. Portanto, este estudo mostrou que os pré-adolescentes obesos estão mais insatisfeitos com suas imagens corporais e tendem a apresentar mais comportamentos de restrição alimentar quando comparados com os pré-adolescentes não-obesos. Por outro lado, parte dos resultados obtidos minimizou a concepção de que pré-adolescentes obesos têm problemas comportamentais, baixa auto-estima, baixo rendimento escolar e competência social.

ASSUNTO(S)

body image self-concept autoconceito child obesity distúrbios alimentares obesidade infantil imagem corporal eating disorders

Documentos Relacionados

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo