Hematimetria manual e automática em jaguatiricas (Leopardus pardalis - Linnaeus, 1758)

AUTOR(ES)
FONTE

Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2017-10

RESUMO

RESUMO Aparelhos de automação, cujo uso está estabelecido na hematologia dos animais domésticos, ainda não são empregados rotineiramente em felídeos selvagens. Esse estudo objetivou avaliar a técnica automatizada na contagem de células sanguíneas de jaguatiricas (Leopardus pardalis), comparando-a com a técnica manual. Foram coletadas amostras sanguíneas de oito jaguatiricas, que se submeteram à contagem de eritrócitos, leucócitos, plaquetas e à determinação do volume globular pelo método manual padrão e por meio do aparelho BC - 2800 VET® com a configuração para gatos domésticos. Os resultados foram avaliados por meio do teste t para dados pareados, e as técnicas submetidas à análise de correlação de Pearson. A técnica automatizada demonstrou resultados estatisticamente semelhantes para eritrócitos e leucócitos. Apenas para volume globular houve diferença significativa entre as técnicas manual e automatizada, mas a correlação foi alta. Apesar de não haver diferença significativa entre as técnicas para plaquetas, a correlação foi baixa. Conclui-se que o aparelho BC - 2800 VET® com a configuração para gatos domésticos é uma técnica confiável na realização do eritrograma e do leucograma para jaguatiricas. Para a determinação do parâmetro volume globular, o aparelho pode ser utilizado, desde que se faça a correção. Para a contagem de plaquetas, a técnica manual é recomendada.

ASSUNTO(S)

eritrócitos hematologia felidae leucócitos hematócrito

Documentos Relacionados

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo