Gift-giving, Estilos de Amor e Sacrifício: uma Análise Entre Parceiros Românticos

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. adm. contemp.

DATA DE PUBLICAÇÃO

20/12/2019

RESUMO

Resumo Indo além da análise do ato de presentear a partir de uma única perspectiva amorosa, este artigo teve por objetivo compreender o gift-giving por meio dos tipos de amor vivenciados nos relacionamentos românticos, investigando a frequência, as razões do ato de presentear entre casais e a percepção sacrificial. Mediante um survey, 257 pessoas participaram da pesquisa. Os resultados revelaram que o amor caracterizado pelo erotismo e paixão (Eros) é o estilo primário predominante entre os casais, guiando os indivíduos a presentearem com maior frequência, mediante o motivo social. Já dentre os estilos secundários de amor, observamos que o altruísta (Ágape) tende a ser o que mais frequentemente induz o gift-giving, gerando uma percepção sacrificial do ofertante. Vimos também que o sacrifício pode ser percebido no ato de presentear em outras formas de amor para além do Ágape. O estudo contribui com a literatura ao revelar que o gift-giving pode variar conforme os estilos de amor e que a percepção de sacrifício no ato de presentear tem relação com tais estilos. Desse modo, propomos o desenvolvimento de reflexões e investigações voltadas às consequências das formas de amar no comportamento do consumidor, destacando a teoria dos estilos de amor pela sua capacidade de proporcionar novas interpretações sobre relações de consumo.Abstract Going beyond analyzing gift-giving from a single love perspective, this paper aimed to understand the gift-giving from the love types experienced in romantic relationships, investigating the frequency, the reasons for the act of giving gifts among couples, and the sacrificial perception. Through a survey, 257 people participated in the research. The results revealed that the love characterized by eroticism and passion (Eros) is the predominant primary style among couples and is the one that guides individuals to gift more frequently through the social motive. Among the secondary love styles, we observed that the altruist (Agape) tends to be what most often induces gift-giving, generating a sacrificial perception of the offerer. We also saw that the sacrifice can be perceived in the gift-giving in other forms of love besides the Agape style. The study contributes to the literature by revealing that the gift-giving can vary according to the love styles and that the perception of sacrifice in this act is related to these styles. Thus, we propose the development of reflections and investigations focused on the consequences of love forms on consumer behavior, highlighting love styles theory for its ability to provide new interpretations of consumer relations.

Documentos Relacionados