Frequências de mutações CD39, IVS1-1, IVS1-6 e IVS1-110 em portadores de betatalassemia e suas influências nos valores hematimétricos

AUTOR(ES)
FONTE

J. Bras. Patol. Med. Lab.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2017-11

RESUMO

RESUMO Introdução: A betatalassemia é causada pela síntese deficiente da cadeia ß da hemoglobina, o que leva à ocorrência das anemias crônica, microcítica e hipocrômica. Mais de 200 mutações já foram associadas a esse tipo de talassemia, mesmo que diferentes populações apresentem frequências variadas para cada uma delas. Objetivos: Os objetivos deste estudo foram determinar as frequências das mutações CD39, IVS1-1, IVS1-6 e IVS1-110 em indivíduos betatalassêmicos da cidade de Franca, São Paulo, e avaliar a influência dos genótipos sobre alterações hematológicas. Métodos: Amostras de sangue venoso foram coletadas de 25 voluntários previamente diagnosticados com betatalassemia. Foram realizados hemogramas completos, e a identificação das mutações foi feita utilizando a técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR). Resultados: A mutação CD39 foi encontrada em 44% dos indivíduos, seguida por IVS1-6 (36%) e IVS1-110 (16%). Um paciente (4%) não apresentou nenhuma das mutações. A mutação IVS1-6 correlacionou-se inversamente ao red cell distribution width (RDW) (rs = -0,44; p = 0,034), enquanto a presença da mutação CD39 mostrou-se correlacionada a menores valores de volume corpuscular médio (VCM) (rs = -0,44; p = 0,034). Modelos de regressão linear multivariados mostraram que os portadores da mutação CD39 possuem menores valores de hemoglobina (ß = -0,61; p = 0,044) e hematócrito (ß = -2,1; p = 0,018). Conclusão: Os resultados mostraram alta frequência da mutação CD39 na cidade de Franca, e as correlações observadas entre a presença da mutação CD39 e as alterações hematológicas sugerem influência do genótipo sobre o fenótipo da betatalassemia, o que poderia contribuir para as variações clínicas dessa hemoglobinopatia.

ASSUNTO(S)

betatalassemia hemoglobinopatias genótipo

Documentos Relacionados

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo