Field 13C Pulse Labeling of Pea, Wheat, and Vetch Plants for Subsequent Root and Shoot Decomposition Studies

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Bras. Ciênc. Solo

DATA DE PUBLICAÇÃO

15/02/2018

RESUMO

ABSTRACT Isotopic labeling of plants is useful in tracking the fate of carbon (C) from different plant parts in a soil-plant system when these parts decompose simultaneously. Pulse labeling is a relatively simple technique and is amenable for use in the field. Therefore, we evaluated a 13CO2 pulse-labeling method to label crop plants under subtropical field conditions for simultaneous root and shoot decomposition studies. Wheat (Triticum aestivum L.), pea (Pisum sativum L.), and vetch (Vicia sativa L.) plants were grown inside polyvinyl chloride (PVC) cylinders and pulse labeled once a week for a total of 11 times. After harvest, “paired” treatments were designed by combining 13C-labeled shoots with unlabeled roots and unlabeled shoots with 13C-labeled roots, resulting in six treatments (2 combinations × 3 species), plus an unamended control treatment. The 13C enrichment of plant parts, chemical fractions, 13C recovery, and distribution in roots, shoots, and soil were determined. Soil CO2 emissions were measured continuously by the alkaline trap method for 180 days. Plant dry matter production and chemical composition were not modified by 13C labeling. The maximum level of 13C enrichment (δ13C) in plants was +495 %o in wheat, +426 %o in pea, and +378 ‰ in vetch plants. All three crops showed similar patterns of 13C distribution in the following order: shoots > roots > soil. On average, 81 to 89 % of the recovered 13C was in the shoots, 7 to 14 % was in the roots, and 2.7 to 4.3 % was in the soil. The rate of C mineralization and cumulative C mineralization were not different between “paired” treatments of the three crops, showing that the paired treatments were equally degradable. The pulse-labeling technique used under field conditions allowed for production of sufficiently labeled wheat, pea, and vetch plants. Therefore, it is a practical approach with respect to resource demand (tracer and labor costs), and it is suitable for in situ labeling.

Documentos Relacionados

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo