Fatores de risco cardiovasculares associados à síndrome de fragilidade em idosos hospitalizados: um estudo transversal

AUTOR(ES)
FONTE

Sao Paulo Med. J.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2016-10

RESUMO

RESUMO CONTEXTO E OBJETIVO: A identificação da síndrome de fragilidade em idosos hospitalizados em interface com fatores de risco cardiovascular é relevante, pois pode contribuir para a ampliação do conhecimento sobre essa relação no nível de serviço terciário. Este estudo objetivou avaliar os fatores de risco cardiovascular associados à síndrome de fragilidade em idosos hospitalizados. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo observacional transversal em hospital público de ensino. MÉTODOS: Participaram idosos internados nas clínicas médica e cirúrgica. Os fatores de risco cardiovascular avaliados foram: índice de massa corporal (IMC), circunferência abdominal, hipertensão arterial sistêmica (HAS), glicemia, colesterol total, lipoproteínas de alta densidade (HDL), lipoproteínas de baixa densidade (LDL) e triglicérides. Para identificar a síndrome de fragilidade, utilizou-se o método proposto por Fried. Os dados foram analisados por estatística descritiva, teste qui-quadrado (P < 0,10) e regressão logística multinomial (P < 0,05). RESULTADOS: Foram incluídos 205 indivíduos. Constatou-se que 26,3% (n = 54) dos idosos eram frágeis, 51,7% (n = 106) pré-frágeis e 22% (n = 45) não frágeis. A análise bivariada preliminar (P < 0,10) para o modelo de regressão indicou associações da fragilidade com as variáveis IMC (P = 0,016), colesterol LDL (P = 0,028) e triglicérides (P = 0,093). Entretanto, no modelo multivariado final, apenas a variável excesso de peso permaneceu associada à condição de pré-fragilidade (odds ratio, OR = 0,44; intervalo de confiança, IC 95% = 0,20-0,98; P = 0,045). CONCLUSÃO: Os estados de fragilidade apresentaram-se elevados em ambiente hospitalar. A condição de pré-fragilidade foi inversamente associada ao excesso de peso.

ASSUNTO(S)

idoso fragilizado fatores de risco doenças cardiovasculares envelhecimento hospitalização

Documentos Relacionados

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo