Estudo do comportamento no estado fresco e endurecido do concreto com incorporação de resíduo de corte de botão

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

21/06/2011

RESUMO

O presente trabalho objetivou avaliar a influência da incorporação do resíduo de corte de botão em poliéster-RCBP sobre a plasticidade e a resistência mecânica em concreto de cimento Portland. O RCBP utilizado na pesquisa originou-se do material descartado por uma empresa fabricante de botão localizada no município de Parnamirim/RN. Utilizou-se o resíduo, como carga no concreto, nas concentrações de 0 %, 5 %, 10 %, 15 % e 20 %, em relação à massa do cimento. O traço de referência do concreto utilizado na pesquisa apresenta a proporção, em massa, de 1:1,33:2,45:0,50 (cimento:areia:brita:água/cimento). Nos ensaios de resistência à compressão foram testados quatro corpos-de-prova para cada idade (3, 7 e 28 dias) e traço, enquanto que para os ensaios de resistência à tração na flexão foram testados dois corpos-de-prova para cada traço. Além disso, fez-se o Slump Test, com vistas a verificar a consistência do concreto. Observou-se uma tendência de redução da resistência à compressão e abatimento para todos os traços com incorporação do RCBP. Houve um aumento de resistência à tração na flexão para os traços de 5 % e 10 %, em relação ao concreto sem incorporação do resíduo, superando o sugerido pela NBR 6118/2003 que apresenta uma correlação entre resistência à tração e à compressão. Na análise microestrutural, observou-se que o RCBP apresentou uma superfície irregular e porosa, podendo ser o motivo do decréscimo do abatimento

ASSUNTO(S)

concreto resíduo de botão cimento portland engenharia civil concrete button waste portland cement

Documentos Relacionados

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo