Estudo das vibrantes em surdos falantes do português brasileiro

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. CEFAC

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-10

RESUMO

OBJETIVO: investigar, no surdo bilíngue, a realização das vibrantes em final de sílaba tônica, em final de sílaba tônica ou átona em meio de vocábulo, em dois contextos linguísticos: frases-veículo e carta. MÉTODOS: foram selecionados cinco informantes surdos bilíngues, sendo quatro do sexo feminino e um do masculino, portadores de perda auditiva neurossensorial bilateral severa e/ou profunda, sem comprometimento neurológico, cognitivo e motor, e dois ouvintes, sendo um do sexo feminino e um do masculino. O corpus utilizado foi dividido em dois momentos, leitura de frases-veículo e de carta, contendo os dois os mesmos vocábulos. As gravações foram realizadas no Instituto Nacional de Educação de Surdos-INES. Para a análise do parâmetro duração dos segmentos selecionados (vibrantes), extraíram-se espectrogramas de banda larga do programa PRAAT. Os dados obtidos foram tratados estatisticamente. RESULTADOS: os resultados expostos na Tabela 1 (realização da vibrante em sílaba tônica final) e na Tabela 2 (realização da vibrante em final de sílaba tônica em meio de vocábulo) mostram que não existe diferença significante, ao nível de 5%, no tempo gasto para a realização da vibrante nos dois grupos. CONCLUSÃO: mesmo que os dados observados nos dois grupos investigados não sejam estatisticamente significantes ao nível de 5%, percebe-se que existe uma tendência de diferença significante quando o nível descritivo (p valor) ficou entre 0,05 e 0,10. De fato, além da análise acústica, a perceptiva revelou um traçado da vibrante mais diferenciado nos surdos do que no dos ouvintes. Os achados deste estudo encontram correlatos na literatura pesquisada. PURPOSE: to investigate in deaf bilingual individuals, the realization of vibrants in stressed syllable-final, in stressed syllable-final or unstressed in the middle of the word, in two language contexts: carrier sentence and letter. METHODS: five deaf bilingual respondents we selected, 4 female and 1 male with severe and / or deep bilateral sensorineural hearing loss, without neurological, cognitive and motor impairment, and two listeners, 01 female and 01 male. The corpus employed was divided into two phases, carrier sentences and letter reading both containing the same words. The recordings were made in the studio at Instituto Nacional de Educação de Surdos. For the analysis of the duration parameter of selected segments (vibrant), broadband spectrograms from the program PRAAT were extracted. Data obtained were statistically treated. RESULTS: the results shown in Table 1 (realization of vibrant in final stressed syllable) and Table 2 (realization of vibrant at the end of the stressed syllable in the middle of the word) show no significant difference at the 5% level, in the time spent for the achievement of vibrant in both groups. CONCLUSION: even though data observed in both investigated groups are not statistically significant at 5%, it is noticed that there is a trend of significant difference when the descriptive level (p value) was between 0.05 and 0.10. In fact, besides the acoustic analysis, the perceptual revealed a trace of vibrant more differentiated in deaf than in the hearing individuals. The findings in this study are related in the literature.

ASSUNTO(S)

health sciences

Documentos Relacionados