Estrutura da comunidade zooplanctônica e qualidade da água no Lago Paranoá, Brasília-DF

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2007

RESUMO

A comunidade zooplanctônica do Lago Paranoá, Brasília (DF), foi estudada nos períodos de chuva e seca, em uma estação fixa situada no Braço do Riacho Fundo, região sul do lago. As coletas foram realizadas semanalmente nos meses de fevereiro e março de 2005 (período de chuva) e agosto e setembro de 2005 (período de seca). Foram coletadas amostras de água com garrafa de Van Dorn, a 1, 3, 6 e 9 metros de profundidade para a análise de condutividade elétrica, pH e oxigênio dissolvido e a 1 metro para material em suspensão total (orgânico e inorgânico), clorofila a e nutrientes inorgânicos. Foram avaliadas também a precipitação pluviométrica, profundidade local, transparência e temperatura da água (perfil). As amostras para análise do zooplâncton foram coletadas com rede de plâncton de 68 μm de abertura de malha, em arrasto vertical, a partir de 1 metro de profundidade até a superfície (210 litros filtrados no total) para a abordagem temporal e com garrafa de Van Dorn a 1, 3, 6 e 9 metros de profundidade, filtrando-se 30 litros (em cada profundidade) através de rede de plâncton de mesma abertura de malha, para a abordagem vertical. Os resultados obtidos mostraram uma nítida distinção entre os períodos de chuva e de seca, sendo observadas flutuações de curta duração na comunidade zooplanctônica e nas propriedades físicas e químicas. Foram observadas mudanças significativas na estrutura da comunidade e nas propriedades físicas, químicas e biológicas (clorofila a) em relação a estudos anteriores na mesma estação amostral, representando indícios de mudança na qualidade da água do local. Os Rotifera foram o grupo com maior número de táxons em ambos os períodos. Foi observado um predomínio numérico dos Copepoda (sobretudo náuplius) no período de chuvas e dos Rotifera no período seco, acarretando em dominância de zooplâncton de pequeno porte em ambos os períodos de estudo. Contudo a comunidade apresentou aumento expressivo da importância do zooplâncton de maior porte. Os predadores zooplanctônicos avaliados (larvas de Chaoborus sp. e Mesostoma sp.) foram registrados em baixas densidades, mas de forma freqüente, com provável influência na estrutura da comunidade zooplanctônica. A análise vertical da coluna de água revelou um sistema de intensa mistura, que acabou resultando em semelhança nos atributos da comunidade zooplanctônica entre as diferentes profundidades avaliadas. Para a maioria dos grupos zooplanctônicos foi observada uma distribuição homogênea de densidade entre as profundidades. A distribuição vertical dos Calanoida parece ser influenciada pelo grau de variação dos fatores abióticos, concentração de oxigênio dissolvido e disponibilidade de recurso alimentar. Os resultados obtidos indicaram que a distribuição vertical das espécies zooplanctônicas mostrou ser pouco representativa da variabilidade dos dados.

ASSUNTO(S)

distribuição vertical reservatório tropical ecologia lago paranoá período hidrológico zooplâncton

Documentos Relacionados

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo