Estrutura da comunidade de macroinvertebrados bentônicos em um gradiente de integridade ambiental em córregos Neotropicais

AUTOR(ES)
FONTE

Acta Limnol. Bras.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2013-12

RESUMO

OBJETIVO: Este trabalho investigou a composição taxonômica da comunidade de macroinvertebrados bentônicos em córregos para avaliar como essa fauna reflete os diversos usos do solo e identificar quais os grupos de macroinvertebrados que podem ser considerados característicos de cada situação em estudo. MÉTODOS: Para isso foram realizadas coletas em 29 córregos inseridos em regiões com diferentes estados de conservação utilizando amostrador Surber. Foram realizadas análises das variáveis ambientais (Análise de Componentes Principais - PCA) e da estrutura taxonômica da comunidade (riqueza taxonômica, abundância numérica e Escalonamento Multidimensional - MDS). RESULTADOS: Os resultados evidenciaram que as ordens Ephemeroptera, Plecoptera e Trichoptera (grupo EPT) e Coleoptera tiveram abundância numérica e riqueza taxonômica maiores nos córregos situados em áreas de referência. As larvas de Diptera, particularmente representadas por Chironomidae, juntamente com os imaturos de Odonata tiveram suas maiores participações em córregos situados em áreas consideradas impactadas pela ausência da mata ripícola. A análise muldimensional (MDS) indicou um gradiente ambiental, através do qual se observou que os córregos situados na Mata Atlântica ficaram mais próximos entre si, bem como os córregos em mata semidecídua, porém, este grupo ocupou uma posição intermediária entre os córregos da Mata Atlântica e aqueles de áreas consideradas impactadas, os quais não formaram agrupamentos específicos por monocultura. CONCLUSÕES: De acordo com os grupos de córregos definidos pelo uso do solo, o estado de integridade decresceu da Mata Atlântica, seguido da floresta semidecídua, pastagem, monocultura de eucalipto e cana de açúcar.

ASSUNTO(S)

mata atlântica córregos integridade ambiental usos do solo macroinvertebrados

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo