Erosão dentária em crianças diagnosticadas com a doença do refluxo gastroesofágico

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

21/06/2011

RESUMO

Erosão dentária (ED) é a perda progressiva e irreversível de tecido dentário por dissolução ácida não associada a bactérias. A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) é considerada um dos fatores intrínsecos associados à erosão dentária, pois o pH do ácido estomacal, que retorna à cavidade oral, é bem inferior ao pH crítico para a dissolução do esmalte. Este estudo avaliou 43 crianças de 2 a 14 anos, pacientes do Hospital das Clínicas da UFMG em Belo Horizonte, Minas Gerais, diagnosticadas com a doença do refluxo gastroesofágico. O exame clínico foi realizado no próprio Hospital, utilizando-se o índice de OSullivan. A pesquisadora foi previamente calibrada por um examinador experiente na utilização do índice (Kappa inter-examinadores: 0,90 e intra-examinador: 0,95). Um questionário preenchido pelos responsáveis coletou informações a respeito das condições sócio-demográficas da família, assim como informações sobre a história médica, hábitos dietéticos e de higiene das crianças, objetivando associar estas informações à experiência de erosão. Os dados foram analisados através do programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS versão 17.0), e através do teste do Qui-quadrado e pela Regressão de Poisson, com um nível de significância estatística de 5%. Para a inserção no modelo de regressão foram consideradas variáveis que apresentaram valor de p<0,20 na análise univariada. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais (ETIC 0117.0.203.000-10) e pela Diretoria de Ensino, Pesquisa e Extensão do Hospital das Clínicas da UFMG (039/10). ED foi encontrada em 25,6% das crianças. As superfícies mais acometidas foram as palatinas e incisais (62,1% dos casos). Características sócio-demográficas e hábitos dietéticos não foram associados à experiência de erosão dentária. A análise univariada demonstrou uma associação estatisticamente significativa entre o tipo de creme dental utilizado e a ocorrência de erosão, que foi maior entre crianças que faziam uso de creme dental de adultos (p=0,039). Crianças que faziam uso de medicamento para asma apresentaram maior experiência de erosão. Embora esta associação não tenha sido estatisticamente significativa na análise univariada (p= 0,08), ela foi considerada na análise multivariada. No modelo de regressão estes dois fatores permaneceram significativamente associados à presença de erosão (RP 4,98, 1,34-18,51 e RP 3,65, 1,24-10,70, respectivamente). Estes resultados demonstram que uma proporção significativa das crianças portadoras doença do refluxo gastroesofágico apresentaram erosão dentária que foi associada à utilização de creme dental de adultos e à utilização de medicamento para a asma.

ASSUNTO(S)

refluxo gastroesofágico - teses dentes - erosão - teses erosão dentária decs refluxo gastroesofágico decs

Documentos Relacionados

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo