Efeito do metilfenidato no processamento auditivo em crianças e adolescentes com transtorno do deficit de atenção/hiperatividade

AUTOR(ES)
FONTE

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

DATA DE PUBLICAÇÃO

2007-03

RESUMO

OBJETIVO: Comparar o desempenho em teste de avaliação do processamento auditivo (PA) num grupo de crianças e adolescentes com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) pré e pós-metilfenidato. MÉTODO: Foram aplicados testes comportamentais padronizados de avaliação do PA em 29 indivíduos com TDAH na faixa etária de 7 a 15 anos, de ambos os sexos. Utilizou-se um grupo de comparação de 29 indivíduos sem déficit de atenção, com e sem transtornos de aprendizado. RESULTADOS: O grupo com TDAH apresentou desempenho nos testes de PA semelhante ao grupo controle sem transtornos do aprendizado sendo seus resultados ainda melhores na ocasião pós-medicação. O grupo sem déficit de atenção e com problemas de aprendizagem apresentou o pior desempenho nos testes de PA e o grupo sem déficit de atenção e sem problemas de aprendizagem foi o que apresentou o melhor desempenho. CONCLUSÃO: O teste de PA não permitiu diferenciar portadores de TDAH de controles pareados; o metilfenidato se associou a melhora do desempenho nos testes de PA nos portadores de TDAH.

ASSUNTO(S)

percepção auditiva atenção transtorno do déficit de atenção tdah

Documentos Relacionados