Diagnóstico participativo de agroecossistemas na área de produção coletiva do assentamento Cunha em Cidade Ocidental, GO: agrobiodiversidade e práticas agroecológicas.

AUTOR(ES)
FONTE

Planaltina

DATA DE PUBLICAÇÃO

2011

RESUMO

RESUMO: O objetivo deste trabalho foi caracterizar, de forma participativa, o agroecossistema local da área do grupo coletivo Carajás do Assentamento Cunha, em Cidade Ocidental, GO, considerando aspectos relacionados à agrobiodiversidade e práticas agroecológicas, características ambientais, socioculturais, econômicas e organizacionais. As atividades produtivas são diversificadas e o grupo coletivo planta culturas anuais, hortaliças, frutas, além de criar gado de leite, galinhas e abelhas. A produção é destinada ao consumo das famílias e o excedente é comercializado. Espécies nativas são encontradas na área, mas não ocorre atividade extrativa. O manejo dado aos sistemas produtivos é considerado como em transição para sistema agroecológico, a partir da utilização de poucos insumos externos. Não são usados defensivos químicos ou fertilizantes de alta solubilidade. Prioriza-se a diversificação dos cultivos e o plantio e multiplicação de diferentes variedades, bem como práticas de consórcios, rotações e sucessões de culturas, além da integração dos plantios com a criação de animais. Outra estratégia utilizada é a reciclagem dos nutrientes e da matéria orgânica produzida pelas plantas de cobertura utilizadas como adubos verdes, pelos resíduos das colheitas e pelos estercos animais. ABSTRACT: The proporsal of this work is carry out a local agroecossystem participative characterization of collective group area at Assentamento Cunha, in Cidade Ocidental, GO, area, evaluating local agrobiodiversity and agroecological practices besides environmental, cultural and social characteristics. The production activities are diversified and the collective group plant some annual species (rice, maize, cassava and bean), vegetables (pumpkin, sweet potato, egg-plant, sugar-beet, okra, tomato, radish, some herbs and condiments), fruits (banana, avocado, jack fruit, papaya, orange, tangerine and others), besides breeding dairy cattle, poultry and bees. The production is destined to families use and the surplus is comercialized. Native species are founded at area, but any extrativism activity is perform. The management from productive system is considered as in transition to agroecological system, of low input use. Any chemical defensives or high solubility fertilizers are used. Cultures diversification and planting and multiplication of different varieties are priority, as been as cultures associations and sucession, besides breeding animals. Another strategy used is nutrient recycling and organic matter from cover plants used as green manure, by cultures residues and animal manure.

ASSUNTO(S)

cerrado ecologia vegetal agroecologia biodiversidade agricultura familiar assentamento planejamento participativo plant ecology family farms rural settlement planning

Documentos Relacionados

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo