Diagnóstico da tuberculose: desempenho do primeiro serviço de saúde procurado em São José do Rio Preto, SP / Tuberculosis diagnosis: first contact care performance in São José do Rio Preto, SP

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

27/06/2012

RESUMO

O estudo teve como objetivo analisar o desempenho do primeiro serviço de saúde procurado para o diagnóstico da tuberculose (TB), em São José do Rio Preto (2009), na percepção do doente. Trata-se de estudo epidemiológico descritivo, tipo inquérito, que adotou como eixo metodológico os componentes de avaliação de serviços de saúde estrutura e processo. Participaram do estudo 99 doentes de TB, maiores de 18 anos e em tratamento, entrevistados por meio de um instrumento elaborado com base no Primary Care Assessment Tool (PCAT), adaptado para avaliar a atenção aos doentes de TB, e que contemplou questões das dimensões de porta de entrada e acesso ao diagnóstico. A análise dos dados foi realizada por meio de distribuição de frequência absoluta/relativa e da construção de indicadores, utilizando proporções e intervalos de confiança, de acordo com o tipo de serviço de saúde procurado pela primeira vez, quando da percepção dos sinais/sintomas, sendo esses agrupados em: Atenção Básica (AB), Pronto Atendimento (PA) e Serviços Especializados (SE). O perfil epidemiológico dos doentes entrevistados evidencia o predomínio dos casos novos de TB pulmonar entre indivíduos do sexo masculino, em idade produtiva e reprodutiva, com baixa renda e escolaridade. A principal porta de entrada no município foi o PA. Em relação ao componente estrutura, encontrou-se que o PA e, principalmente, a AB se constituíram como os serviços mais próximos ao domicílio dos doentes, entretanto, a AB não foi a mais acessível, uma vez que a maioria daqueles que a procuraram não conseguiu consulta no prazo de 24 horas. Quanto ao componente processo, houve baixa suspeição de TB nos três tipos de serviços analisados. A maior proporção de exames solicitados para o diagnóstico ocorreu no SE, seguido pelas unidades de AB. Houve baixa proporção de encaminhamento para a realização de baciloscopia de escarro, nos três tipos de serviços. O PA e a AB encaminharam a maioria dos doentes para realização de raio-x e para consulta médica em outro serviço, principalmente os casos extrapulmonares. Doentes com TB, que buscaram primeiramente a AB, necessitaram procurar mais vezes os serviços de saúde e mais de 50% desses tiveram atraso no diagnóstico. O PA foi o serviço que menos diagnosticou os usuários suspeitos, sendo o SE (especialmente os hospitais) os que apresentaram melhor desempenho, principalmente para o diagnóstico dos casos extrapulmonares. Para o controle efetivo da doença, os serviços de saúde, que se configuram como porta de entrada do sistema, devem estar preparados para a suspeição e diagnóstico e que sejam criadas estratégias de fluxo de referência e contrarreferência entre o primeiro serviço de saúde procurado e os outros serviços que compõem a rede de atenção, de modo que seja assegurada a continuidade da assistência.

ASSUNTO(S)

atenção primária à saúde avaliação de desempenho delayed diagnosis diagnóstico tardio health services human resources in health performance assessment primary health care recursos humanos em saúde serviços de saúde tuberculose tuberculosis

Documentos Relacionados

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo