Desenvolvimento neuropsicomotor nos primeiros 18 meses de vida de lactentes de alto risco

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2005

RESUMO

The aims of the present study were to describe the developmental outcome of high-risk infants during the first 18 months of age, investigate their association to the degree of risk for morbidity and verify the predictive power of three instruments of assessment of infant development. Fifty-six (56) high-risk infants were monitored through the application of the Bailey s Mental and Motor Scales and of the Alberta Infant Motor Scale (AIMS) up to their 18thmonth of corrected age. The POPRAS index was utilized to quantify the degree of risk for morbidity. At the 18thmonth of age, neurological examination and cerebral magnetic resonance imaging (MRI) were performed to investigate lesions and relate them to the findings of the Neonatal Cranial Ultrasound (CU) and neurological examination. At 18 months of corrected age, 39 infants underwent neurological examination, with 11 (28.2%) of them being classified as normal and 28 (71.8%) classified as abnormal. No significant relationship between MRI and CU (p=0.598) was found, or between MRI and the neurological examination at 18 months of age (p=0.613). Study population s low development was found at AIMS, mainly between 2 and 6 months of age. Even with the increasing evolution at AIMS gross scoring, the profile of development was one of instability and tendency of distancing of curves of centiles 25, 10, and 5 in regards to the curves of the superior centiles (50th, 75th, and 90th). Low performance and profile of instability were also found at the Bailey s Motor Scale, mainly between 2 and 6 months of age. The performance of the population at the Bailey s Mental Scale was more stable and within the normal limits for every age. Higher instability of performance was observed at the Bailey s Motor Scale and AIMS for the group with abnormal neurological examination. The scale showing the most association to the risk degree for morbidity was AIMS, with infants that suffered lesser intercurrences (POPRAS $; 90) seeming to have been more affected on the first 4 months of life, showing recovery and diverging from the high-risk ones (POPRAS >90) as of this period. At the analysis of the individual assessments, the 3rd, 4th, and 5th months of the Bailey s Motor Scale and the 4th, 5th, and 6th months of the AIMS were the most predictive of the neurodevelopmental outcome at 18 months of age of the study population. The best predictive values were found combining the findings of more than one assessment. The existence or not of two altered assessments at the Bailey s Motor Scale in consecutive or non-consecutive months during the first six months of life were the most adequate criteria for the prognostic of the neurodevelopmental outcome of high-risk infants at 18 months of age

ASSUNTO(S)

neurologia pediatrica capacidade motora lactentes - desenvolvimento

Documentos Relacionados

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo