Desenvolvimento industrial com participação estatal: experiências históricas e o caso do Brasil e da Coréia do Sul

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2006

RESUMO

This study aim to analyse the strategies of industrialization with state participation adopted in Brazil and South Korea, as well as evidencing that these strategies have also shown their relevance in developed countries. This theme was adopted to analise the effectiveness of state coordinated actions by promoting the industry despite of its interference on the mechanisms of market. The effectiveness of state interference is assumed to depend on the forms and the quality of the intervention. The first part of the study provides a historical interpretation of state coordenated development processes of industrialization in central economies. The conclusion is that this interference created competitive advantages to this economies, allowing the maintenance of dominant positions in the international trade. The second part ot the study focalize in a comparaty analise of the intervention in Brazil and South Korea. Whith this objective, specific policies were chosen to create a comparative basis: Politics of Financing, Credit and Subsidies; market protection policies, and Foreign Direct Investment incentives and tecnological absorption policies. The efectiveness of this policies was measured by the comparison of macroeconomic aggregates of the two contries. The results evidence that South Korea actieved long-run positive effects, wich provide to the country larger external projection and a more sustainable financial pattern of external indebtedness. External factors also demonstrate significant influence on the adoption and on the result of these politics. In Brazil, despite of the diversificated industrial structure created, the endogenous compound of grouth wasnt created

ASSUNTO(S)

strategies of industrialization intervenção estatal industria e estado coreia (sul) -- politica economica economia state interference estratégias de industrialização brasil -- politica economica

Documentos Relacionados

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo