Depressão maior de início precoce ou tardio em idosos : um estudo comparativo

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

23/08/2012

RESUMO

Introdução : A depressão maior é um dos transtornos mentais mais relevantes em idosos. Alguns autores propõem que a distinção entre casos de depressão maior de início precoce e de início tardio é justificada por diferenças na etiologia, quadro clínico e comorbidades. Tais diferenças ainda não estão bem esclarecidas, havendo discordâncias entre os estudos. Objetivos : Investigar as características distintivas entre idosos com depressão maior de início precoce e de início tardio quanto a fatores sociodemográficos, autopercepção de saúde, fatores de risco cardiovascular, déficit cognitivo, história familiar de depressão, sintomas depressivos, características melancólicas, risco de suicídio e abuso/dependência de álcool. Métodos : Estudo transversal descritivo e analítico, de coleta prospectiva, em uma amostra aleatória de 348 idosos (≥60 anos de idade) da Estratégia Saúde da Família, dos quais foram identificados 90 casos de depressão maior segundo critérios do DSM-IV; os sujeitos foram divididos de acordo com a idade de início precoce ou tardia (≥60 anos) da depressão. Resultados : A prevalência de depressão maior na amostra total foi de 25,86%. Sujeitos deprimidos na maioria dos casos foram do grupo de início precoce (69,14%) e pertencentes ao sexo feminino (74,4%); a média de idade em anos foi maior para o grupo com depressão maior de início tardio (p= 0,028); os grupos não diferiram quanto aos demais fatores avaliados; após análise multivariada, houve uma tendência de associação negativa entre risco de suicídio e depressão de início tardio. Conclusão : A idade de início precoce ou tardio dos sintomas depressivos não esteve associada a perfis distintos, nem quanto ao quadro clínico, nem quanto a fatores de risco. Os resultados deste trabalho dão suporte à hipótese de que a depressão maior de início precoce e a de início tardio são indistinguíveis clinicamente e não representam patologias ou subtipos distintos.

ASSUNTO(S)

medicina geriatria gerontologia idosos envelhecimento depressÃo suicÍdio medicina

Documentos Relacionados

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo