Dental caries among preschool children: effects of social inequality and the impact of a university extension project

AUTOR(ES)
FONTE

RGO, Rev. Gaúch. Odontol.

DATA DE PUBLICAÇÃO

12/09/2019

RESUMO

RESUMO Objetivo O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência da cárie dentária em pré-escolares de escola pública e privada, avaliando sua associação a fatores socioeconômicos e impactos projeto de extensão universitária. Métodos Foram examinados pré-escolares de 5 anos, alocados em 3 grupos: G1 - crianças de colégio privado, sem projeto preventivo em saúde bucal; G2 - crianças de ensino público também sem cuidados preventivos regulares; G3 - pré-escolares de ensino público que recebem cuidados preventivos através de projeto de extensão universitária. As crianças foram examinadas para aferição do índice ceo-d e seus responsáveis foram entrevistados para verificação de fatores socioeconômicos. Para análise dos dados foi utilizado o teste de Fisher e o teste Qui-quadrado Resultados A escola referente ao G1 mostrou melhores condições socioeconômicas e bucais, comparada com os grupos G2 e G3. A escolaridade dos pais esteve associada à presença de doença nos filhos, porém, a renda não demonstrou associação. Conclusão A cárie dentária foi mais prevalente no grupo com piores indicadores socioeconômicos, e apesar do projeto de extensão universitária em saúde bucal estar presente em uma das situações ele não foi capaz de superar as desigualdades em saúde.ABSTRACT Objective The aims of this study were to assess the prevalence of dental caries among preschoolers at public and private schools and to evaluate the associations among the prevalence of the disease, socioeconomic factors, and the impact of a university extension project. Methods Five-year-old preschool children were examined and were divided into three groups: children from private schools who were not receiving regular preventive care (group 1), children from public schools who were not receiving regular preventive care (group 2), children from public schools who were receiving preventive care through a university extension project (group 3). The children were examined for decay-missing-filled index, and their caregivers were interviewed to collect data on socioeconomic factors. Fisher’s and Chi-squared tests were used to analyze the data. Results Group 1 showed better socioeconomic and oral conditions compared with groups 2 and 3. Parents’/guardians’ level of education was associated with the presence of disease in their children; however, income showed no association. Conclusion Dental caries were more prevalent in the group with worse socioeconomic indicators, and although the university extension project had been implemented in one of the groups, it was not able to overcome health inequalities.

Documentos Relacionados

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo