Critérios objetivos para avaliar a qualidade de restaurações dentárias aumentam a crítica de estudantes acerca do tratamento designado: um ensaio randomizado controlado

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. odontol. UNESP

DATA DE PUBLICAÇÃO

2018-06

RESUMO

Resumo Introdução Parâmetros objetivos podem auxiliar a decisão de como lidar com restaurações existentes em pacientes. Objetivo Este estudo testou as hipóteses que seguem: i) o ensino de critérios objetivos a estudantes de odontologia melhora sua crítica acerca da indicação para substituição de restaurações; e ii) uma abordagem prática complementar aumenta a proporção de tratamentos indicados corretamente comparada com uma abordagem estritamente teórica. Método Este ensaio randomizado em bloco controlado envolveu estudantes de odontologia de uma universidade brasileira que foram randomizados para um grupo que recebeu uma aula teórica (A, controle) ou uma aula teórica seguida por um treinamento prático (grupo B); ambas as intervenções foram aplicadas em um ambiente moodle . A proporção de restaurações indicadas corretamente antes e depois do ensino dos critérios foi comparada com o teste U de Mann-Whitney (p<0,05), e a comparação entre as intervenções foi estabelecida com o teste de Wilcoxon (p<0,05). Resultado A proporção de indicações corretas aumentou significativamente após as intervenções para ambos os grupos (p=0,02), sem diferença significativa entre as intervenções (p=0,871). Conclusão O treinamento online proposto aumentou a proporção de indicações corretas às restaurações, confirmando a primeira hipótese do estudo. A segunda hipótese foi rejeitada visto que as diferenças entre as intervenções não tiveram efeito na proporção de respostas corretas. O foco no ensino de parâmetros objetivos para avaliação da qualidade das restaurações pode aumentar a habilidade dos estudantes de tratá-las corretamente.

ASSUNTO(S)

restauração dentária permanente estudante de odontologia critério ensaio randomizado controlado tomada de decisão clínica

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo