Crises neonatais: a sobreposição entre o diagnóstico das doenças metabólicas e as anormalidades estruturais. Relato de caso

AUTOR(ES)
FONTE

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

DATA DE PUBLICAÇÃO

2003-06

RESUMO

Erros inatos do metabolismo (EIM) e distúrbios do desenvolvimento cortical são causas pouco comuns de crises neonatais, entretanto eles podem representar causas tratáveis de epilepsia refratária e, por esta razão, devem ser consideradas como possíveis fatores etiológicos. Este relato de caso tem como objetivo demonstrar a importância dos estudos de neuroimagem em um paciente com crises neonatais, mesmo quando as pistas diagnósticas são sugestivas de uma doença metabólica. RELATO DO CASO: Uma criança , previamente hígida, de 14 dias de vida começou a apresentar crises focais motoras (CFM) reiteradas que evoluíram para estado de mal. Os exames demonstraram altos níveis séricos de amônia e nenhuma outra anormalidade. Uma investigação metabólica foi conduzida com resultados normais. Durante a evolução, a paciente apresentou atraso de desenvolvimento neuropsicomotor e hemiparesia no dimídio esquerdo. As crises epilépticas permaneceram controladas com drogas anti-epilépticas durante quatro meses, seguidas de recorrência com CFM reiteradas no hemicorpo esquerdo. Uma melhora temporária foi obtida com o ajuste das drogas anti-epilépticas. Aos 6 meses de vida, durante um novo episódio de estado de mal, níveis de amônia elevados foram novamente detectados. Outros exames metabólicos foram normais. A criança foi encaminhada a monitorização V-EEG e paroxismos epileptiformes contínuos foram registrados na região parassagital e na linha média, com predomínio posterior. Uma nova RM foi realizada e mostrou uma displasia cortical no quadrante posterior direito. Nosso caso ilustra a predisposição que os neonatos têm a distúrbios metabólicos, tal como a hiperamonemia que pode ser conseqüência de eventos agudos, conduzindo ao diagnóstico errôneo de EIM.

ASSUNTO(S)

distúrbios metabólicos displasia cortical crises neonatais

Documentos Relacionados

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo