Conhecimento de HIV/Aids entre homens que fazem sexo com homens: teoria de resposta ao item

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Saúde Pública

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-04

RESUMO

OBJETIVO Avaliar o nível de conhecimento de HIV/Aids entre homens que fazem sexo com homens no Brasil, utilizando o modelo de traço latente da Teoria de Resposta ao Item. MÉTODOS Estudo multicêntrico, transversal, que ocorreu entre 2008 e 2009 em 10 cidades brasileiras. Foram recrutados 3.746 homens que fazem sexo com homens pela técnica amostral Respondent Driven Sampling. O conhecimento em HIV/Aids foi apurado a partir de dez afirmativas da entrevista realizada face a face e os escores foram obtidos utilizando o modelo logístico de dois parâmetros (discriminação e dificuldade) da Teoria de Resposta ao Item. O funcionamento diferencial dos itens foi verificado, analisando as curvas características dos itens pela idade e escolaridade. RESULTADOS Os escores de conhecimento estimados pela Teoria de Resposta ao Item não ultrapassaram o valor 6,0 (escala de 0-10), com média e mediana de 5,0 (DP = 0,9) e 5,3, respectivamente, e com 40,7% da amostra com níveis de conhecimento abaixo da média. Algumas crenças ainda existem nessa população sobre a transmissão do vírus por picadas de insetos, pelo uso de banheiros públicos e pelo compartilhamento de utensílios durante as refeições. Com relação aos parâmetros dificuldade e discriminação, oito itens ficaram abaixo da média da escala de conhecimento e considerados muito fáceis, e quatro itens apresentaram parâmetros de discriminação muito baixos (< 0,34). A ausência de itens difíceis contribuiu para a imprecisão da medida do conhecimento entre aqueles com nível médio e superior. CONCLUSÕES A análise da Teoria de Resposta ao Item, centrada nas propriedades individuais de cada item, permite a obtenção de medidas que não variam ou dependem do questionário utilizado, o que proporciona uma melhor apuração e precisão dos escores de conhecimento. Escalas válidas e confiáveis são fundamentais para monitorar o conhecimento em HIV/Aids nessa população ao longo do tempo e em diferentes regiões geográficas, vantagem que esse modelo psicométrico traz.

ASSUNTO(S)

homossexualidade masculina grupos de risco conhecimentos, atitudes e prática em saúde síndrome de imunodeficiência adquirida, prevenção & controle estudo multicêntrico

Documentos Relacionados

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo