Conhecimento auditivo da população usuária do Sistema Único de Saúde

AUTOR(ES)
FONTE

Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

2009

RESUMO

OBJETIVO: Analisar a percepção, hábitos e conhecimentos auditivos da população usuária do Sistema Único de Saúde das cidades do Vale do Aço. MÉTODOS: Participaram deste estudo, 255 indivíduos distribuídos por Unidades Básicas de Saúde, na faixa etária de 20 a 60 anos. Foram aplicados questionários com 14 perguntas sobre percepção, hábitos e conhecimentos auditivos. RESULTADOS: Em relação às questões de percepção auditiva, foram obtidos os seguintes resultados: 74,9% escutam bem; 63,1% têm dificuldade em acompanhar conversa; dor de ouvido (54,5%); zumbido (46,7%); plenitude auricular (41,2%). Com relação a hábitos dos entrevistados, constatou-se: utilizar objetos para limpar o ouvido (80,4%); ouvir som alto (31,4%); usar fones de ouvido (7,1%), julgar prejudicial ouvir som alto (84,7%); considerar saudável o uso do cotonete (71%); acreditar na cura da surdez (66,9%). Encontrou-se relação estatisticamente significativa entre percepção auditiva de não ouvir bem e dificuldade em acompanhar conversa (p<0,001); presença de zumbido (p<0,001) e sensação de plenitude auricular (p<0,001). Dos que referiram não escutar bem, 83,8% nunca foram submetidos a exame auditivo nem receberam orientação alguma de profissionais da saúde sobre a audição (p<0,001). CONCLUSÕES: Houve grande prevalência de hábitos auditivos prejudiciais, a percepção auditiva dos usuários foi considerável e a população apresentou pouco conhecimento acerca da audição, o que leva a questionar a efetividade das ações de Saúde Auditiva da Atenção Básica propostas pela Portaria 587/2004.

ASSUNTO(S)

audição atenção primária à saúde centros de saúde sistema Único de saúde

Documentos Relacionados

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo