Compreendendo o discurso masculino sobre o trabalho feminino numa perspectiva de gÃnero

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2008

RESUMO

A pesquisa teve como objetivo estudar as relaÃÃes de gÃnero centradas numa perspectiva masculina, especificamente de que maneira os homens significam o trÃnsito lar/trabalho feminino. Tal objetivo nos permitiu entender como a crescente feminizaÃÃo do mercado de trabalho vem impactando a construÃÃo da identidade social masculina baseada no papel de provedor. Desse modo, conseguir captar o que permanece e o que muda nos padrÃes normativos de masculinidade, assim como os processos de negociaÃÃo, foi um dos desafios dessa tese. Sendo assim, partimos da hipÃtese de que os aspectos normativos da masculinidade hegemÃnica (provedor, virilidade, forÃa, iniciativa sexual...) se encontram em pleno processo de negociaÃÃo, no entanto, argumentamos que as mudanÃas provenientes dessa negociaÃÃo esbarram em resistÃncias subsidiadas em parte por instituiÃÃes sociais mantenedoras do padrÃo normativo de masculinidade como, por exemplo, a famÃlia, cujo reflexo dessa reproduÃÃo podemos observar na divisÃo sexual das tarefas no mundo da casa e do trabalho. Nesse sentido, para essa discussÃo nos apoiamos, de um lado, nas elaboraÃÃes teÃricas de gÃnero, desenvolvidas pela teoria feminista e os estudos de masculinidade, e de outro, pelas contribuiÃÃes advindas do estruturalismo construÃdas por Bourdieu. A Pesquisa contou com a participaÃÃo de trinta homens, distribuÃdos entre maridos e colegas de mulheres que trabalham na Cia MÃller de Bebidas Nordeste, mais conhecida como âcaninha 51â. Devo acrescentar que se trata de uma pesquisa sem pretensÃo de generalizaÃÃo de seus resultados, realizada com uma amostra intencional e sem carÃter de representatividade estatÃstica. Os dados da pesquisa sugeriram que a ideologia do patriarcalismo legitimando a dominaÃÃo masculina baseada na idÃia de que o provedor da famÃlia goza de privilÃgios foi abalada. Isso porque, a idÃia de masculinidade hegemÃnica passou a ser questionada. Em parte esse questionamento se deve ao movimento feminista enquanto projeto polÃtico e acadÃmico que fez evaporar a caracterÃstica universal masculina aceita, atà entÃo, como ânaturalâ. No entanto, muito embora os aspectos normativos da masculinidade hegemÃnica se encontrem relativizados, passando por negociaÃÃes, estas acabam enfraquecidas pela forÃa que a estrutura social exerce sobre os indivÃduos. Pudemos observar essa forÃa principalmente em instituiÃÃes como a famÃlia e o trabalho, lÃcus da atenÃÃo desta pesquisa

ASSUNTO(S)

gender trabalho sociologia masculinidade gÃnero work masculinity

Documentos Relacionados

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo