Composição e abundância da comunidade zooplanctônica na zona limnética de sete reservatórios do rio Paranapanema, Brasil

AUTOR(ES)
FONTE

Brazilian Journal of Biology

DATA DE PUBLICAÇÃO

2002-08

RESUMO

No presente trabalho, sete reservatórios do rio Paranapanema, localizados entre 22º37'-23º11'S e 48º55'-50º32'W, foram estudados quanto à composição e à abundância da comunidade zooplanctônica durante quatro períodos do ano de 1979. A comunidade zooplanctônica era composta por 76 espécies de Rotifera, 26 espécies de Cladocera e 7 espécies de Copepoda. Na maioria das épocas estudadas houve predomínio dos Rotifera, seguido por Copepoda. Nos reservatórios Piraju e Salto Grande, intermediários à cascata de reservatórios, ocorreu maior número de espécies, a maioria pertencente aos Rotifera e aos Cladocera. Para os reservatórios Rio Pari e Rio Novo, laterais à cascata, observou-se menor número de espécies, porém com maiores densidades de organismos do que os demais reservatórios, localizados no corpo principal do rio. Diferentes espécies de Rotifera alternaram a ocorrência, sendo mais abundantes nos diferentes períodos, sem padrão definido. Entre as espécies de Copepoda, Thermocyclops decipiens predominou na maioria dos reservatórios. Em relação aos Cladocera, Ceriodaphnia cornuta foi mais abundante nos reservatórios intermediários e Daphnia gessneri, Bosminopsis deitersi e Moina minuta predominaram nos reservatórios laterais à cascata. As espécies mais freqüentes foram Notodiaptomus conifer, Thermocyclops decipiens, Ceriodaphnia cornuta cornuta e C. cornuta rigaudi, Daphnia gessneri, Bosmina hagmanni, Keratella cochlearis e Polyarthra vulgaris. Algumas relações entre o estado trófico dos reservatórios e a comunidade zooplanctônica foram feitas.

ASSUNTO(S)

rotifera cladocera copepoda reservatórios rio paranapanema

Documentos Relacionados

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo