Comparação termográfica entre joelhos saudáveis de cães de pelo longo e pelo curto

AUTOR(ES)
FONTE

Cienc. Rural

DATA DE PUBLICAÇÃO

06/12/2018

RESUMO

RESUMO: O objetivo desse estudo foi verificar a influência do comprimento do pelo na avaliação da temperatura de joelhos de cães saudáveis, por meio do uso da termografia infravermelha. Trata-se de um exame de diagnóstico por imagem, não invasivo, capaz de avaliar a microcirculação da pele. Foram analisados os joelhos de 30 cães saudáveis, com até 11 quilos de peso, triados por meio de exame clínico e exame radiográfico. O grupo A, formado por 13 cães de pelo curto, totalizou 26 joelhos avaliados. O grupo B foi formado por animais de pelo longo, totalizando 17 animais, contando com 29 joelhos avaliados. Foram analisadas as temperaturas médias nas faces cranial, lateral, caudal e medial dos joelhos. Observou-se diferença significativa entre os grupos, a temperatura do grupo A foi maior que a de B nas quatro faces analisadas. Comparando as temperaturas das faces no membro contralateral, nos dois grupos, não foi observado diferença significativa. No grupo A observou-se que as temperaturas nas faces cranial e lateral foram semelhantes, mas diferiram das demais, sendo a medial mais quente e a caudal mais fria. No grupo B a análise estatística mostrou as faces cranial, lateral e caudal semelhantes, entretanto diferiram da face medial, que apresentou a temperatura mais elevada. O exame termográfico mostrou ser sensível na avaliação da temperatura do joelho de cães de pequeno porte, entretanto o comprimento dos pelos influi no resultado da avaliação.

ASSUNTO(S)

pelagem temperatura termografia por infravermelho diagnóstico por imagem.

Documentos Relacionados

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo