Charles Wagley: his career, his work, his legacy

AUTOR(ES)
FONTE

Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-12

RESUMO

A obra de Charles Wagley se situa na tradição estabelecida por Franz Boas, e mais ainda por Ruth Benedict e Ruth Bunzel. Sua carreira etnográfica começou na comunidade de Santiago Chimaltenango, nas montanhas da Guatemala, em 1937. Logo depois, mudou o foco para o Brasil, onde fez sua primeira viagem de campo (1939-1940), entre os Tapirapé. As diversas visitas que fez a esses índios resultaram no livro "Lágrimas de boas-vindas: os Índios Tapirapé do Brasil Central" (1977). O estudo de Wagley em Gurupá iniciou em 1948 e produziu várias edições de seu popular livro "Amazon town: a study of man in the Tropics". Wagley foi cogestor do Projeto de Estudos de Comunidade, desenvolvido pelas Universidades Estadual da Bahia e de Columbia entre 1951-1952, que culminou no livro "Race and class in rural Brazil". Ao longo do tempo, Wagley se concentrou em populações não indígenas, desde vilas rurais, como Gurupá, até a cultura brasileira como um todo. Por exemplo, publicou duas edições de "Introduction to Brazil", com observações precisas sobre a unidade e a diversidade na sociedade e cultura brasileira. 'Chuck' Wagley foi um homem erudito, com uma aguda capacidade intelectual. Tinha orgulho da excelência de seus escritos e de sua atuação docente, e também apreciava compartilhar seus conhecimentos com um público amploCharles Wagley's work, firmly in the Boasian tradition, reflects his association with and training by Franz Boas, but especially by Ruth Benedict and Ruth Bunzel. Wagley's career as an ethnographer began in the Guatemalan highland town of Santiago Chimaltenango in 1937. Soon thereafter, he turned from Guatemala to Brazil, where he did his first field research (1939-1940) among the Tapirapé Indians. Wagley's Tapirapé revisits culminated in his last book, "Welcome of tears: the Tapirapé Indians of Central Brazil" (1977). Wagley's study of Gurupá began in 1948 and produced various editions of his popular book "Amazon town: a study of man in the Tropics". Wagley co-directed the Bahia State-Columbia University Community Study Project in 1951-1952, culminating in the edited book "Race and class in rural Brazil". Over time, Wagley focused increasingly on non-Indians, ranging from rural towns like Gurupá to Brazilian culture as a whole. Illustrating the latter, Wagley wrote two editions of "Introduction to Brazil", a culturally insightful text that examined unity and diversity in Brazilian culture and society. A man of careful scholarship and keen intellect, Chuck Wagley took great pride in the excellence of his teaching and writing; he also enjoyed sharing his knowledge and insights with a larger public

ASSUNTO(S)

human sciences

Documentos Relacionados