Ceratite infecciosa em idosos: revisão de 32 anos

AUTOR(ES)
FONTE

Arquivos Brasileiros de Oftalmologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

2010-08

RESUMO

OBJETIVO: Descrever as características demográficas, fatores associados e agentes etiológicos das ceratites infecciosas em idosos em um centro de referência terciário em São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Análise retrospectiva de todos os pacientes a partir de 60 anos com diagnóstico clínico de ceratite infecciosa que tiveram material colhido para análise microbiológica, entre os anos de 1975 e 2007 (intervalo de 32 anos). RESULTADOS: De um total de 7.060 casos de ceratite infecciosa em todas as idades, 1.545 casos em idosos foram revisados. A idade média foi de 71,0 ± 7,8 anos, variando de 60 a 101 anos. Foram 707 homens (45,6%) e 838 mulheres (54,3%). Os principais fatores associados foram: cirurgia ocular prévia (25,1%), trauma ocular (7,2%) e uso de lentes de contato (3,0%). Bacterioscopia foi positiva em 40,5% dos casos. A positividade das culturas para qualquer agente foi de 53,5% (bactérias 47,0%, fungos 6,1%, Acanthamoeba 0,4%). As bactérias mais frequentes foram os cocos gram positivos (principalmente Staphylococcus coagulase negativo) e bacilos gram negativos (principalmente Pseudomonas, Moraxella e Proteus), enquanto os fungos mais frequentes foram os filamentosos (Fusarium). CONCLUSÕES: Este estudo representa até o momento a maior série de casos de ceratite infecciosa em idosos em um centro único. O fator mais associado a esta condição em idosos foi cirurgia ocular prévia. Os agentes etiológicos mais frequentes foram as bactérias, principalmente cocos gram positivos e bacilos gram negativos.

ASSUNTO(S)

ceratite infecções oculares bacterianas córnea fungos cegueira humanos meia-idade revisão

Documentos Relacionados

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo