Caracterização nutricional de idosos com hipertensão arterial em Teresina, PI.

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. bras. geriatr. gerontol.

DATA DE PUBLICAÇÃO

04/11/2019

RESUMO

Resumo O objetivo do estudo foi avaliar o estado nutricional e o consumo alimentar, e caracterizar aspectos do estilo de vida de idosos hipertensos que freqüentam centros de convivência na cidade de Teresina-PI. O estudo, do tipo transversal, envolveu 125 idosos, de ambos os sexos (17 homens e 108 mulheres), avaliados por meio de questionário previamente testado para a caracterização da casuística. As variáveis nutricionais foram investigadas por antropometria, medidas de circunferência e pelo levantamento do consumo alimentar nas últimas 24 horas. Encontraram-se índices elevados de sobrepeso (45,6%) e baixo-peso (36,0%), a pressão arterial diastólica (PAD) associando-se positivamente com o sobrepeso (índice de massa corporal 27kg/m2). A distribuição da gordura central apresentou elevada prevalência (88%), indicando risco para doenças cardiovasculares. Os alimentos mais consumidos foram: feijão, leite, pães, cereais, arroz, massas e carnes. Não se observou grande adesão às medidas terapêuticas não-farmacológicas no grupo de idosos hipertensos, o que mostra a necessidade de rever as orientações propostas no Programa de Controle da Pressão Arterial para o Idoso.Abstract The objective of this study was to evaluate the nutritional state and food consumption, and to characterize some aspects of life style, of hypertensive elderly who attend two social centers in Teresina city. The cross-sectional study comprised 125 elderly individuals of both sexes (17 men and 108 women), who were interviewed through a previously tested questionnaire. Nutritional variables were assessed through anthropometry, circumference measures and a 24-hour food record. The analysis found high rates of overweight (45,6%) and low weight (36,0%). The diastolic arterial pressure was positively associated with overweight (body mass index > 27). The distribution of central lipids showed high prevalence, indicating risk for cardiovascular diseases. The most consumed food types were: beans, milk, breads, cereals, rice, pastas and meats. A great adhesion to non-pharmacologycal therapies in the group of hypertensive elderly was not observed, showing the need to review the guidelines of the Control of Arterial Pressure Program for the Elderly.

Documentos Relacionados

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo