CARACTERIZAÇÃO MORFOAGRONÔMICA DE CAPIM BUFFEL DO BANCO ATIVO DE GERMOPLASMA DE Cenchrus

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Caatinga

DATA DE PUBLICAÇÃO

2017-06

RESUMO

RESUMO O estudo objetivou caracterizar morfoagronomicamente acessos de capim buffel do Banco de Germoplasma de Cenchrus (BGC) da Embrapa Semiárido, verificando a variabilidade e eficiência dos descritores nos acessos em dois cortes consecutivos. Foram utilizados 25 acessos e cinco cultivares de capim buffel em delineamento em blocos casualizados completos com três repetições. As avaliações foram realizadas após dois cortes consecutivos, cada avaliação foi realizada 90 dias após cada corte. A caracterização foi realizada com base em 15 descritores morfoagronômicos quantitativos e qualitativos. Os descritores quantitativos foram submetidos a análise de variância univariada individual e conjunta e, em seguida, aplicado o teste de Scott-Knott a 5% de significância. Os descritores qualitativos foram submetidos a análise descritiva. Para as análises de divergência tanto descritores quantitativos quanto qualitativos foram agrupados com base no algoritmo de Gower. Foi estabelecido também um dendrograma e calculada a importância relativa dos caracteres para a divergência. Na análise conjunta, os efeitos de genótipo e corte foram significativos para quase todas os descritores. Esse resultado indica variabilidade genética entre os genótipos e quanto ao corte indica, principalmente, diferenças na velocidade de crescimento de cada genótipo em cada época de corte. Os genótipos foram separados em três grupos demonstrando boa variabilidade entre os genótipos. O número de perfilhos por touceira, seguida por quantidade de inflorescência e cor das sementes foram os caracteres de maior relevância na separação dos genótipos.

ASSUNTO(S)

cenchrus ciliaris recursos genéticos diversidade genética gramíneas forrageiras interação genótipos x ambientes.

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo