Caracterização dos pacientes e procedimentos executados no serviço de atendimento a pacientes com necessidades especiais da Faculdade de Odontologia de Araraquara – UNESP

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. odontol. UNESP

DATA DE PUBLICAÇÃO

06/10/2015

RESUMO

ResumoObjetivoCaracterizar os pacientes atendidos e os procedimentos realizados no Serviço de Atendimento a Pacientes com Necessidades Especiais da Faculdade de Odontologia de Araraquara (FOAr) – UNESP.MetodologiaA partir dos prontuários odontológicos dos pacientes atendidos em nível ambulatorial entre 2007 e 2013, foram obtidas informações em relação a idade no início do tratamento, tipo de deficiência, medicamentos usados, número de sessões de atendimento e número e tipo de procedimentos odontológicos realizados.ResultadoDos 232 prontuários analisados, observou-se que mais da metade dos pacientes (56,0%) apresentava deficiência mental, paralisia cerebral ou anomalias congênitas determinadas por agentes infecciosos, com deficiência mental associada. Entre as anomalias congênitas, a mais prevalente foi a Síndrome de Down (9,9%). Apenas 20% dos pacientes iniciaram o tratamento antes dos dez anos de idade e 62,0% faziam uso de anticonvulsivantes, antipsicóticos, ansiolíticos, antiepilépticos e antidepressivos. Foram realizados 4.506 procedimentos odontológicos, sendo 37,6% preventivos e 62,4% curativos (Restauradores, 28,0%; Periodontais, 13,9%; Endodônticos, 9,7%; Cirúrgicos, 9,1%; Protéticos, 1,7%). Observou-se também que, para a maior parte dos pacientes (63%), foram necessárias até dez sessões para a realização do tratamento.ConclusãoOs pacientes que procuraram tratamento odontológico no Serviço de Atendimento a Pacientes com Necessidades Especiais da FOAr apresentavam, na sua maioria, deficiências com envolvimento neurológico. Apesar de esse serviço priorizar os procedimentos preventivos, a maior parte dos procedimentos executados foi curativa, o que está diretamente relacionado com a procura tardia pelo tratamento odontológico.

ASSUNTO(S)

pessoas com deficiência assistência odontológica para pessoas com deficiências uso de medicamentos

Documentos Relacionados

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo