Características de fermentação da silagem de cana-de-açúcar tratada com uréia, zeólita, inoculante bacteriano e inoculante bacteriano/enzimático

AUTOR(ES)
FONTE

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

DATA DE PUBLICAÇÃO

2007-04

RESUMO

Estudaram-se as características de fermentação da cana-de-açúcar (RB72454) submetida aos tratamentos: controle; 0,5% uréia; 0,5% zeólita; 0,5% uréia e 0,5% zeólita; inoculante bacteriano comercial; inoculante bacteriano/enzimático comercial. O material ensilado foi aberto com um, três, cinco, sete, 14, 28 e 56 dias de fermentação e analisado quanto aos teores de MS, carboidratos solúveis, PB, NNH3/NT, pH, FDN, FDA, celulose, hemicelulose, lignina e DIVMS. Observou-se redução do conteúdo de MS em todas as silagens, com média de 21,1%, em relação ao material original (28,7%). A concentração média de carboidratos solúveis no material original foi de 19,7% e, após 56 dias de fermentação, foi de 0,92%. A concentração de PB das silagens testemunha e tratadas com zeólita, inoculante comercial bacteriano e inoculante comercial bacteriano/enzimático variou entre 2,1% e 3,1% e naquelas que receberam uréia e uréia+zeólita foi de 8,4%. Os teores de NNH3/NT foram inferiores a 10% nas silagens testemunha e tratadas com zeólita, inoculante bacteriano comercial e inoculante bacteriano/enzimático comercial, entretanto foi de 30,4% e 31,1% nas silagens com uréia e uréia+zeólita, respectivamente. No primeiro dia de fermentação, o pH apresentou média de 3,75. Após 56 dias de fermentação, as concentrações de FDN, FDA, celulose e hemicelulose aumentaram, apresentando média entre os tratamentos de 68,6%, 39,6%, 34,5% e 29,1%, respectivamente. O coeficiente de DIVMS reduziu-se com a ensilagem, em todos os tratamentos avaliados, sendo de 57,6% no material original e média de 47,6% nas silagens.

ASSUNTO(S)

cana-de-açúcar silagem aditivos

Documentos Relacionados

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo