Capacidade de Inovação em Rede Interorganizacional na Amazônia Brasileira

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. adm. contemp.

DATA DE PUBLICAÇÃO

20/12/2019

RESUMO

Resumo O artigo analisa as capacidades de inovação em uma rede interorganizacional para o estabelecimento de negócios baseados em biotecnologia aplicada a ativos da biodiversidade na Amazônia brasileira. Trata-se de um estudo de caso de uma rede de inovação para o desenvolvimento e comercialização de uma linha de compostos antioxidantes de um fruto regional - o açaí (Euterpe oleracea) -, no estado do Pará. A rede é formada por uma universidade pública, uma pequena empresa de base tecnológica que desenvolve produtos de alto valor agregado baseado na biodiversidade e uma agroindústria de processamento e comercialização de produtos frutíferos da região amazônica. O artigo mostra que a articulação em uma rede interorganizacional é capaz de congregar capacidades necessárias ao processo de inovação que individualmente as organizações locais não teriam condições de desenvolver. No caso estudado, essa concatenação de capacidades possibilitou a exploração de uma oportunidade biotecnológica no âmbito da cadeia produtiva do açaí com a criação de uma linha de produtos competitivos. Entretanto, limitações quanto à apropriabilidade da inovação são entraves à efetiva exploração econômica da linha de produtos pelas organizações inovadoras no formato interorganizacional.Abstract This article analyzes innovation capabilities in an inter-organizational network for businesses based on biotechnology applied on biodiversity assets in the Brazilian Amazon. It is a case study about an innovation network for development and commercialization of an antioxidant compounds line of a local fruit called açai (Euterpe oleracea) in the state of Pará. The network is formed by a public university, a small technology-based company that develops high value-added products based on biodiversity, and an agribusiness company that processes, markets, and distributes products made from fruits of the Amazon region. The study shows that the capabilities found in an inter-organizational network produce innovation processes that the network's members would not be able to develop alone. In the case researched, the network connecting the organizations' capabilities enabled the exploration of biotechnological opportunities within the açaí production chain by creating competitive products. However, limitations linked to innovation appropriability prevent those innovative organizations, operating as an inter-organizational network, economically explore this product line.

Documentos Relacionados