Avaliação da limpeza das limas endodônticas, antes de sua reutilização na instrumentação de canais radiculares

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2007

RESUMO

Este trabalho teve por objetivo avaliar o estado de limpeza das limas endodônticas dos alunos de graduação bem como o conhecimento dos mesmos quanto aos cuidados necessários para a sua reutilização. Avaliou-se também três métodos de limpeza das limas frente aos tratamentos endodônticos com e sem vitalidade e retratamentos. Na primeira etapa do estudo (avaliação pelo questionário) 72,29% dos alunos matriculados do quinto ao oitavo períodos responderam a quatro questões a respeito da freqüência com que foram utilizadas e esterilizadas as limas, qual a forma de limpeza utilizada e quais cuidados com relação à biossegurança eram tomados. Com a avaliação das respostas obtidas pode-se perceber a necessidade de orientar os alunos com relação aos cuidados com a biossegurança e a importância de se realizar o controle do uso de cada lima bem como da necessidade de sua substituição periódica. Na segunda etapa da pesquisa avaliou-se 27 séries de limas tipo Kerr de 25 mm de 15-40, dos alunos matriculados do quinto ao oitavo períodos, com microscópio óptico Toolmaker`s (Mitutoyo Corporation) em um aumento de 40x, atribuindo-se valores para a presença ou ausência de detritos aderidos na superfície de cada milímetro da parte ativa da lima (0 ausência; 1 presença de detritos em pontos da lima aspecto de salpicado; 2 presença de detritos em até 50% e 3 presença em mais de 50% da superfície). Apenas 20,14% dos sítios avaliados estavam livres de detritos e quando somados os valores dos escores 2 e 3 (que representam a presença de detritos visíveis a olho nu) obtêm-se o valor de 40,20% mostrando que os alunos não estão realizando a inspeção visual após a limpeza dos instrumentos. Na terceira etapa da pesquisa dezoito séries de limas novas do tipo Kerr (15-40) de 25 mm (Dentsply/Malleifer) esterilizadas e prontas para uso, foram divididas em 3 grupos correspondentes aos tratamentos endodônticos de seis dentes com vitalidade pulpar, seis dentes sem vitalidade pulpar e seis com necessidade de retratamento endodôntico. Durante o tratamento dos casos de vitalidade e sem vitalidade o profissional utilizou como solução irrigante hipoclorito de sódio 2,5% e para irrigação final soro fisiológico, nos casos de retratamento além destas soluções foi utilizado óleo de eucalipto para remoção da guta percha. Terminada a instrumentação as limas foram acondicionadas em um frasco com umidade 100% e avaliadas, seguindo a metodologia já descrita, e em seguida foram submetidas a um dos métodos de limpeza: torsão da lima contra uma gaze embebida em álcool 70%, limpeza com escova e detergente e limpeza em cuba ultrasônica e detergente e novamente avaliadas. Todos os métodos de limpeza testados promoveram redução significativa nos valores de detritos, no entanto não houve nenhum 100% efetivo em todas as situações analisadas.

ASSUNTO(S)

biossegurança odontologia bio-safety files cleaning controle de infecções endodontia limpeza de limas infections control

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo