AvaliaÃÃo do Ãster de acridina como marcador conjugado à lectina em histoquÃmica

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2004

RESUMO

Neoplasic cell transformations present differences in the composition and distribution of oligosaccharides in cell surface glicoproteins and glicolipids. Lectins have been used as auxiliary tools in histopathologic diagnosis to mammary, uterus and brain tissues, for example. Chemiluminescence is a technique with low detection threshold and large dynamic spectrum. Acridinium ester (AE) conjugated to antibodies has been employed in chemiluminescent systems to immunodiagnosis. The present work aimed to conjugate AE to Concanavalin A (Con A) and use it as chemiluminescent histochemistry tool. Biopsies of normal and transformed, infiltrating duct carcinoma (IDC), mammary tissues were used. Photon emission, observed during the breakage of the chemical bound between Con A and AE, was quantified, expressed in relative light units (RLU) and correlated to the labeling of the normal and transformed tissues. Results demonstrated that there is RLU proportionality with the labeling. RLU to normal tissue (2,565x103 Â 0,247x103) were lower than to IDC (1.283,920x103 Â 220,621x103). Con A-AE conjugation efficiency, differential staining of normal and IDC tissues, and quantification of results contribute to decrease the subjectivity in routine histopathologic diagnoses and indicate that acrydinum ester can join other lectin marker to be used in histochemistry

ASSUNTO(S)

transformaÃÃes neoplÃsicas bioquimica lectina histoquÃmica

Documentos Relacionados

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo