As mídias sociais no contexto da comunicação digital das universidades brasileiras

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

29/03/2012

RESUMO

O objeto da pesquisa são as mídias sociais no contexto da comunicação organizacional digital, enquanto possibilidades de comunicação e/ou informação, formais e formalizadas, presentes nas homepages dos sites e portais das universidades brasileiras filiadas ao Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB). Tem como objetivos: investigar a adesão, ou não, das IES às mídias sociais e discutir as práticas das universidades da Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA) nesses espaços. A inquietação decorre da percepção de que essa presença é um fenômeno crescente e que estas organizações, possivelmente, não tenham clareza quanto às possíveis implicações da inserção nesses sites. Acreditamos que as universidades aderiram às mídias sociais, muitas vezes, por modismo e pela aparente obrigatoriedade de presença, como se o fato de não estar implicasse desprestígio e falta de visibilidade. A pesquisa está ancorada no Paradigma da Complexidade (MORIN, 2001) e se constitui como exploratória (GIL, 1999), visto que é um tema com pouca produção teórica e estudos empíricos, ainda mais ao falarmos em mídias sociais no contexto das universidades. Em relação aos procedimentos metodológicos após a revisão teórica, mapeamos o status da presença nas mídias sociais das 148 universidades filiadas ao CRUB. Posteriormente, conduzimos pesquisa dentre as Instituições de Ensino Superior (IES) da RMPA, já inclusas na amostra inicial, e que possuem perfis nesses espaços. Refletimos a respeito da presença e atuação, a partir de análises nos perfis durante um mês, bem como baseados no conteúdo que resultou das entrevistas em profundidade de caráter semi-aberto (DUARTE, 2008), realizadas com os responsáveis pelo que é desenvolvido, ou não, nas mídias sociais. Percebemos que mais de 50% das IES pesquisadas aderiram, no mínimo, a uma dessas mídias. A adesão é mais expressiva dentre as IES particulares, que atingem o percentual de 67,53%. Na segunda fase da pesquisa, notamos que há boas práticas, inovadoras, mas que há ações que comprometem a atuação das universidades, visto que conceitos como diálogo parecem ser ignorados, principalmente em uma das universidades, que sequer respondeu nossas tentativas, via mídias sociais, para agendamento da entrevista. Acreditamos que é preciso, de fato, estar preparado para ouvir e dialogar, e que alguns possíveis antagonismos podem estar centrados nesse fato. Do mesmo modo, diferem-se aquelas universidades que concebem a produção de conteúdo para esses espaços sob a ótica do interesse dos públicos com os quais se (des)encontram nesses sites. As perspectivas apontam para a profissionalização desse estar, que esperamos que resulte de reflexões (e outras posturas) sobre o que efetivamente desejamos em espaços como o Facebook, Twitter, YouTube, dentre outros, buscando que sejam, realmente, lugares de comunicação e de interação.

ASSUNTO(S)

comunicaÇÃo social comunicaÇÃo organizacional universidades - comunicaÇÃo mÍdia digital redes sociais comunicaÇÃo digital comunicacao

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo