Aplicação da pressão positiva contínua nas vias aéreas em pacientes em pós-operatório de cirurgia bariátrica

AUTOR(ES)
FONTE

Fisioterapia e Pesquisa

DATA DE PUBLICAÇÃO

2012-03

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação da pressão positiva contínua nas vias aéreas (CPAP), na frequência respiratória (FR), no volume corrente (VC) e no volume minuto (VM), em pacientes em pós-operatório de cirurgia bariátrica. Foram estudadas dez pacientes com média de idade 29,8±8 anos, classificadas como obesas mórbidas [índice de massa corpórea (IMC) de 47,5±7,2 kg/m²] que receberam CPAP de 8 a 10 cmH2O, por 30 minutos, uma vez ao dia, durante dois dias consecutivos, no pós-operatório de cirurgia bariátrica. Antes e após a aplicação da CPAP, foram aferidos a FR e o VM por meio do ventilômetro e, de forma indireta, foi calculado o VC. Para verificar a normalidade dos dados foi aplicado o teste de Shapiro-Wilk, e, após, as medidas foram comparadas com o uso do Teste t de Student e de Man-Whitney. As análises foram processadas com o uso do SPSS 7,5 considerando o nível de 5% de significância. Houve um aumento significativo para as seguintes variáveis estudadas no primeiro e no segundo dia de aplicação: FR=20±6 resp/min versus 26±7 resp/min (p=0,009) e FR=22±7 resp/min versus 26±8 resp/min (p=0,007); VM=9,57±2,75 L versus 12,39±4,18 L (p=0,041) e VM=9,71±2,52 L versus 11,18±2,96 L (p=0,037). Os valores do VC=360±157,59 mL versus 440±69,18 mL (p=0,21) e 401±90,46 mL versus 416±78,04 mL (p=0,18) não apresentaram diferença significativa na comparação pré- e pós-aplicação, nos dois dias de terapia. Assim, foi possível concluir que a CPAP pode ser aplicada como recurso auxiliar da fisioterapia respiratória no tratamento de pacientes em período pós-operatório de cirurgia bariátrica, para a manutenção do VC, porém atenção deve ser tomada durante a aplicação, pois pode haver aumento da FR.

ASSUNTO(S)

obesidade mórbida cirurgia bariátrica pressão positiva contínua nas vias aéreas fisioterapia

Documentos Relacionados

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo