Análise imuno-histoquímica da apoptose e proliferação celular em pulmões de prematuros com doença pulmonar crônica (displasia broncopulmonar)

AUTOR(ES)
FONTE

J. Bras. Patol. Med. Lab.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2016-12

RESUMO

RESUMO Introdução: A fisiopatologia da doença pulmonar crônica, clinicamente conhecida como displasia broncopulmonar (DBP), ainda é incerta. Acredita-se que mecanismos de proteção, como liberação de mediadores inflamatórios e ativação de processos apoptóticos e/ou proliferativos, são acionados no tecido pulmonar de prematuros na tentativa de reparar os danos teciduais causados pela exposição ao oxigênio e à ventilação mecânica. Objetivo: Avaliar a existência de apoptose e proliferação celular em pulmões de neonatos prematuros com DBP, expostos ao oxigênio e/ou à ventilação mecânica, por meio do estudo da expressão das proteínas: antígeno nuclear de proliferação celular (PCNA), homólogo da fosfatase e tensina (PTEN), linfoma de células B 2 (Bcl-2), membro da família de receptor do fator de necrose tumoral (Fas), proteína de domínio de morte associada ao Fas (FADD), proteína do domínio de morte associada ao receptor do fator de necrose tumoral (TRADD), Caspase 3 e Caspase 8. Material e método: Foram analisadas 32 autópsias de recém-nascidos, com idade gestacional inferior a 34 semanas, expostos ao oxigênio. O estudo foi dividido em três grupos: DBP "clássica", DBP "nova" e "sem" DBP; realizou-se estudo imuno-histoquímico. Resultados e discussão: Um índice de proliferação mais elevado foi observado nos recém-nascidos com DBP, sugerindo que o maior tempo de exposição à ventilação mecânica pode estimular a proliferação celular. A expressão das proteínas PTEN e Caspase 8 foram maiores no grupo da DBP "nova" em relação ao grupo sem DBP, indicando que a DBP "nova" é mais suscetível à apoptose. Conclusão: A apoptose e a proliferação celular estão envolvidas na fisiopatologia da DBP, sendo a apoptose mais evidente no grupo com DBP "nova".

ASSUNTO(S)

apoptose biomarcadores farmacológicos proliferação de células displasia broncopulmonar neonatologia

Documentos Relacionados

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo