Análise do registro de doadores voluntários de medula óssea do Rio Grande do Norte, Brasil.

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Assoc. Med. Bras.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2015-02

RESUMO

Objetivo: relatar as frequências alélicas e haplotípicas do HLA-A, -B e -DRB1 de doadores voluntários de medula óssea (DVMO) do Rio Grande do Norte (RN), inscritos no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME). Metodologia: 12.973 DVMO tiveram suas frequências alélica e haplotípica calculadas pelo programa Arlequin 3.5.1.2. Uma análise multivariada dos dados foi obtida por meio da Análise de Componente Principal (ACP) e da Análise de Cluster Hierárquico (ACH) realizadas pelo SPSS 8.0. Resultados: os grupos alélicos mais frequentes foram HLA-A*02, seguido por -DRB1*13, -DRB1*04, -DRB1*07, -B*44, -B*35, -A*24 e -DRB1*01. Dos 2.701 haplótipos observados, os três mais frequentes foram HLA-A*01 B*08 DRB1*03 (1,62%), -A*29 B*44 DRB1*07 (1,56%) e -A*02 B*44 DRB1*04 (1,29%), que se encontravam em desequilíbrio de ligação. As frequências alélicas e haplotípicas do RN são bastante similares às de outros estados brasileiros em que trabalhos semelhantes foram executados. A ACP revelou ser o RN geneticamente muito semelhante a populações caucasianas, especialmente a dos países ibéricos, os quais influenciaram fortemente na composição étnica do Estado. Africanos e ameríndios também contribuíram para a estrutura populacional, mas em menor proporção. Conclusão: a ACH reforçou a conclusão de que, apesar de seu perfil miscigenado, a população do RN se assemelha geneticamente com populações europeias e que descendem das europeias. A ACP também mostrou que as cidades do RN não contribuem equitativamente na composição do REDOME, de modo que cidades pouco populosas estão sub-representadas, apontando a necessidade de cadastrar mais DVMO dessas cidades para que a estrutura da população seja fielmente retratada.

ASSUNTO(S)

antígenos hla transplante medula óssea brasil

Documentos Relacionados

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo