Alocação de nutrientes ao longo do tronco em Pinus taeda L. aos 17 anos de idade

AUTOR(ES)
FONTE

Ciênc. Florest.

DATA DE PUBLICAÇÃO

30/05/2019

RESUMO

Resumo Este trabalho, realizado em um povoamento de Pinus taeda de 17 anos de idade no município de Cambará do Sul - RS, em Cambissolo Húmico alumínico típico, teve por objetivo estudar o padrão de alocação dos nutrientes ao longo do tronco e suas implicações para a amostragem na estimativa do estoque de nutrientes. Foram amostradas 18 árvores, distribuídas em 6 classes diamétricas, com coleta de amostras, de casca e madeira, nas seguintes alturas relativas (por cento da altura total): h0,1 (10%), h0,3 (30%), h0,5 (50%), h0,7 (70%) e h0,9 (90%). O padrão de alocação dos nutrientes ao longo do tronco foi estudado mediante comparação de médias e ajuste de equações de regressão, correlacionando concentração de nutrientes e a altura de coleta das amostras. Testaram-se diferentes estimadores da concentração de nutrientes: teor médio aritmético (TM), teor médio ponderado pelo diâmetro da secção (TMPD) e teor médio ponderado pela biomassa da secção (TMPB); tendo este como tratamento padrão. Com exceção de Mn e Ca na madeira, todos os nutrientes apresentaram maior teor na porção superior do tronco (h0,9), podendo ser para P 2,7 vezes superior na madeira e 5 vezes superior na casca, em relação a base do tronco (h0,1). O elemento Ca na madeira apresentou comportamento inverso, ou seja, maior teor na base do tronco (h0,1); enquanto Mn não diferiu estatisticamente entre os pontos de coleta. Entre os estimadores da concentração de nutrientes testados, o TM apresentou os maiores valores, exceto para Ca na madeira, o que acarreta superestimação do estoque de nutrientes. Para as condições do estudo, considerando o TMPB como melhor estimador da concentração de nutrientes, o intervalo de confiança para altura relativa de coleta de amostras foi estimado em 35 - 53% para madeira e 38 - 46% para casca.Abstract This study was conducted in a 17-year-old Pinus taeda L. stand, in Cambará do Sul (RS state), in a soil classified as Humic Cambisol. It had as objective to study nutrients allocation pattern along the stem and its implications for sampling and the nutrient stock estimates. Eighteen (18) trees were sampled, distributed in 6 diametric classes, collecting bark and wood samples in the following relative heights (percentage from total height): h0.1 (10%), h0.3 (30%), h0.5 (50%), h0.7 (70%) e h0.9 (90%). The nutrient allocation pattern along the stem was studied based on the comparison of averages and regression equations, correlating nutrient content and the sampling height. Different nutrient content estimators were tested: arithmetic average content (TM), level weighted average diameter of the section (TMPD), biomass-weighted average content of the section (TMPB), being TMPB considered as the standard treatment. Excepted for Mn and in wood, all nutrients showed higher content in the upper part of the stem (h0.9), sometimes 2.7 times higher in wood and 5 times higher in bark, compared to stem base (h0.1). Calcium (Ca) in the wood showed a reverse behavior, in other words, showed highest contents in the base of the stem (h0.1); while Mn did not statistically differ among the sampling points. Among the tested nutrient content estimators, TM showed highest values, excepted for Ca in wood, that leads to nutrients stock overestimation. For the study conditions, considering TMPB as the best nutrient concentration estimator, the confidence interval for height sampling points was estimated in 35 - 53% for wood and 38 - 46% for bark.

Documentos Relacionados

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo