A review of the systematic biology of fossil and living bony-tongue fishes, Osteoglossomorpha (Actinopterygii: Teleostei)

AUTOR(ES)
FONTE

Neotrop. ichthyol.

DATA DE PUBLICAÇÃO

11/10/2018

RESUMO

RESUMO Os peixes da Superordem Osteoglossomorpha têm sido foco de inúmeros estudos sobre a morfologia, sistemática e evolução, particularmente devido à sua posição basal dentre os peixes teleósteos. Fazem parte deste grupo os “mooneyes” (Hiodontidae), “knifefishes” (Notopteridae), o “abu” (Gymnarchidae), peixes-elefante (Mormyridae), aruanãs e pirarucu (Osteoglossidae), e o peixe-borboleta africano (Pantodontidae). Esse grupo de morfologia heterogênea possui um longo e diverso registro fóssil, incluindo táxons de todos os continentes, oriundos tanto de depósitos de água doce quanto marinhos. As relações filogenéticas dentre a maioria das famílias de osteoglossomorfos é amplamente aceita. Entretanto, há muito a ser descoberto sobre a sistemática biológica desses peixes, particularmente com relação às afinidades filogenéticas de inúmeros fósseis, relações dentro de Mormyridae, e a posição filogenética de Pantodon. Neste manuscrito nós revisamos o atual estado de conhecimento dos peixes osteoglossomorfos. Nós primeiramente provemos uma abordagem geral da diversidade de Osteoglossomorpha, e então discutimos os estudos filogenéticos sobre Osteoglossomorpha sob a perspectiva morfológica e molecular, assim como uma análise biogeográfica do grupo. Finalmente, oferecemos nossas perspectivas sobre os futuros passos para pesquisa sobre a sistemática biológica de Osteoglossomorpha.

ASSUNTO(S)

biogeografia filogenia osteoglossidae paleontologia taxonomia

Documentos Relacionados

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo