A relação de cursos dágua em leito natural em ambiente urbano com mortalidade infantil e hospitalização por diarréia em crianças abaixo de cinco anos, em Belo Horizonte, Brasil

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2007

RESUMO

Para avaliar a possibilidade de o espaço denominado bacia hidrográfica funcionar como unidade de análise em epidemiologia, foi feita revisão bibliográfica que identificou a relação dessa ciência com o ambiente e o conceito de promoção da saúde como internalização da crise ambiental pela saúde coletiva. Foram ressaltadas críticas à prioridade atual da epidemiologia em centrar seus estudos apenas no nível individual, relegando o nível social-ecológico e o nível molecular. Foram apresentadas as novas estratégias dos estudos ecológicos e dos estudos multiníveis. Em seguida, o conceito de promoção da saúde foi abordado como chave para possibilidade de internalização da crise ambiental na saúde coletiva. Definiu-se que o território ideal para a promoção da saúde tem que expor de forma contundente o ambiente, integrando ser humano e natureza, diversidade social e biológica no espaço preferencial e dominante do convívio humano na atualidade - as cidades.. Concluiu-se que bacia hidrográfica pode funcionar como unidade de análise do nível social e ecológico porque seus limites são precisos, além de ser um espaço quantificável desde que adotada como unidade de planejamento em grandes centros urbanos. Em seguida delineou-se um estudo ecológico exploratório para investigar a relação da mortalidade infantil e da hospitalização por diarréia infantil com os cursos dágua em leito natural de Belo Horizonte, tomando as bacias elementares da cidade como unidades de análise. Foram coletadas variáveis de contexto e de composição relativas a cinco agrupamentos de determinantes: situação dos leitos dos córregos, cobertura de serviços de saneamento básico, domicílios, demografia e situação socioeconômica. Os coeficientes de mortalidade foram definidos a partir das crianças nascidas vivas e mortas residentes em Belo Horizonte no período 2000/2005. As taxas de hospitalização por diarréias para cada bacia elementar foram calculadas como taxas médias no mesmo período 2000/2005. Discutem-se a metodologia utilizada e resultados relevantes relativos à influência dos córregos em leito natural poluídos com esgoto e outras variáveis associadas à mortalidade infantil e hospitalizações por diarréia em crianças abaixo de cinco anos. Verificou-se que a maior proporção de domicílios com coleta regular de esgoto permanece associada com a menor mortalidade infantil após análise de regressão múltipla. No caso das diarréias infantis, permaneceram no modelo final as variáveis: renda, proporção dos córregos em leito natural e densidade demográfica. Concluiu-se que as bacias elementares funcionaram como unidade de análise em epidemiologia e os cursos dágua em leito natural, poluídos com esgoto e lixo emergiram como importante variável de contexto na determinação das hospitalizações por diarréia infantil, quando associados com baixa renda e alta densidade demográfica.

ASSUNTO(S)

tese da faculdade de medicina. ufmg estudos ecológicos decs diarréia decs bacias hidrográficas decs dissertações acadêmicas decs saúde pública decs promoção da saúde decs mortalidade infantil decs saneamento urbano decs leito de rio decs saúde pública teses.

Documentos Relacionados

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo